Por que Ronnie Romero saiu do Vandenberg, segundo Adrian

Guitarrista alegou excesso de compromissos do cantor com outros projetos; ele contesta a versão

Chileno radicado na Europa, o vocalista Ronnie Romero despontou com a banda espanhola Lords of Black. A consagração definitiva viria ao assumir o posto de mestre de cerimônias na reunião do Rainbow. A seguir, uma série de convites para projetos veio, incluindo o Michael Schenker Group e o CoreLeoni – com os instrumentistas do Gotthard, tocando material dos primeiros discos.

Em janeiro de 2020, o cantor foi anunciado como frontman do Vandenberg, no retorno oficial da banda após 33 anos. Um álbum com o nome do ano foi lançado e chegou ao 2º lugar na parada dos Países Baixos.

- Advertisement -

Porém, a pandemia impediu maiores planos. Em entrevista ao site IgorMiranda.com.br, o guitarrista Adrian Vandenberg explicou porque a parceria não foi retomada posteriormente.

Leia também:  Tecladista ucraniano Vitalij Kuprij morre aos 49 anos

“Ronnie mora na Romênia, onde as restrições foram aliviadas mais cedo. Quando fui liberado na Europa Ocidental, a agenda de Ronnie já estava lotada e eu não queria esperar, então tivemos que nos separar. Nossas agendas simplesmente não coincidiam mais.”

Vale destacar que Romero discorda das alegações de Adrian. Em conversa com o “Artists On Record Starring ADIKA Live!”, em outubro, o intérprete apresentou sua versão da história. Conforme transcrição do Blabbermouth, ele declarou:

“Não gosto quando as pessoas contam uma versão de uma história apenas para mostrar: ‘Sou bonzinho e, se algo acontecer, não foi minha culpa. Foi por causa de outra pessoa’. Acho que isso não é justo. Não é ruim dizer a verdade. É mentira que eu não estava disponível. Tenho vários e-mails comprovando. Cheguei a desmarcar compromissos com Michael Schenker. Mas Adrian disse que a gravadora achou melhor procurar outro vocalista. Tenho como provar.”

Vandenberg e Mats Levén

Ex-integrante do Candlemass, Therion e da banda de Yngwie Malmsteen, o sueco Mats Levén assumiu a função. O álbum “Sin” foi lançado em agosto de 2023, chegando ao 3º lugar no chart holandês. O grupo realizou alguns shows pelo país nas últimas semanas, os primeiros em divulgação da obra.

Leia também:  Per Gessle reage a versões de Roxette por Pabllo Vittar, Gusttavo Lima e mais

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasPor que Ronnie Romero saiu do Vandenberg, segundo Adrian
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades