Por que músicas de protesto não são mais lançadas, segundo Steven Van Zandt

Guitarrista da E Street Band ainda lembrou do single anti-apartheid que ele produziu e compôs com Mick Jagger em 1985

Um dia se achou que a música popular era capaz de mudar o mundo com sua mensagem. Em vários aspectos, isso era verdade. Contudo, no mundo atual, o papel da canção de protesto diminuiu — e Steven Van Zandt sabe disso.

O guitarrista, famoso por tocar com Bruce Springsteen na E Street Band e fazer parte do elenco de “A Família Soprano”, acredita que a razão seja bem simples. O pensamento foi exposto no X/Twitter, em resposta a um fã que perguntou por que não havia mais músicas desse tipo:

“É tudo muito óbvio agora. Debates sensatos acabaram. Você é a favor de ou contra supremacistas brancos / misóginos / homofóbicos / nazistas extremistas cristãos. Não tem nada que precisa ser explicado. E nenhuma canção vai conscientizar ninguém ou fazer alguém mudar de ideia.”

- Advertisement -

O fã respondia a um posto feito pelo próprio Van Zandt, no qual o músico rebatia um comentário feito por Mick Jagger que músicas não começam revoluções, relacionado ao lançamento de “Street Fighting Man”, clássico dos Stones, em 1968. Stevie escreveu:

“Bem, Mick, 20 anos depois, nós fizemos justamente isso. Sua co-composição extraordinária, performances inigualáveis e o trabalho justo de sua banda levou a Keith, Ronnie, Stevie Jordan e 50 outros artistas derrubarem o governo sul-africano com um simples disco.”

Steven Van Zandt, “Sun City” e Artists United Against Apartheid

O disco ao qual Steven Van Zandt se refere é “Sun City” (1985), gravado pelo projeto Artists United Against Apartheid. O trabalho chamava atenção para um resort e cassino de mesmo nome na África do Sul que escapava do boicote internacional do país por suas políticas racistas.

Leia também:  Beyoncé vai lançar um álbum de rock após country? Entenda a teoria

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que músicas de protesto não são mais lançadas, segundo Steven Van...
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades