A mentira que impediu Tom Werman de produzir Guns N’ Roses e rendeu ameaça de Duff

Situação acabou rendendo cobrança pública por retratação que quase terminou em vias de fato

Durante o período de pré-produção de “Appetite for Destruction”, diferentes nomes foram considerados para ajudar o Guns N’ Roses. Entre eles estavam músicos como Paul Stanley (Kiss) e Manny Charlton (Nazareth). Antes de Mike Clink assumir de vez a missão, Tom Werman também foi um dos colocados em pauta.

À época, o profissional estava em alta por ter colaborado com o Mötley Crüe na trinca “Shout at the Devil” (1983), “Theatre of Pain” (1985) e “Girls, Girls, Girls” (1987). Porém, uma confusão com o baixista Duff McKagan acabou fazendo com que a situação não fosse adiante.

- Advertisement -

Em recente entrevista a Chuck Shute, regatada pelo Rock Celebrities, ele declarou:

“Era uma sala pequena e foi a apresentação mais barulhenta que já ouvi, e já ouvi algumas apresentações barulhentas.”

Porém, ao contrário do que diz a lenda, Werman nega ter saído do espaço com os ouvidos tapados.

“De jeito nenhum foi o que aconteceu. Duff simplesmente inventou isso. Perguntei a ele em uma festa de lançamento subsequente em algum lugar. Eu disse: ‘Por que você mentiu? Por que inventou essa besteira?’. Ele estava muito bêbado, ficou muito bravo e ameaçou me bater. Era 20 ou 30 anos mais jovem e mais alto que eu. Sei que hoje é uma pessoa mudada, mas tenho certeza que lembra.”

Sobre Tom Werman

Tom Werman possui uma carreira fundamental em vários momentos da história do rock. Descobriu nomes históricos como Boston, Cheap Trick, REO Speedwagon, Kiss, Lynyrd Skynyrd e Rush. Ofereceu todos esses à Epic Records, embora alguns não tenham sido contratados.

Leia também:  Por que Nita Strauss foi negada em 1º teste para banda de Alice Cooper

Como produtor, possui 23 discos de ouro ou platina em sua coleção. Assinou obras de nomes como Blue Öyster Cult, Twisted Sister, Jeff Beck, Stryper, Kix, L.A. Guns, Poison, Dokken, Krokus e Lita Ford.

Tom está prestes a lançar a própria biografia, contando seu lado dessa e de várias histórias. “Turn It Up! My Time Making Hit Records In The Glory Days Of Rock Music” sai dia 21 de novembro. A editora é a Jawbone Press.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA mentira que impediu Tom Werman de produzir Guns N’ Roses e...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades