A opinião de Wolfgang Van Halen sobre o debate David Lee Roth vs. Sammy Hagar

Filho de Eddie Van Halen acredita que ambos os vocalistas acrescentaram qualidades importantes à banda — e que não faz sentido odiar um deles sendo fã do grupo

Com David Lee Roth nos vocais, o Van Halen se tornou uma das bandas mais relevantes do rock, mas conflitos diversos encerraram a parceria em 1985. Assim, Sammy Hagar assumiu o posto de frontman e deu voz a quatro álbuns do grupo — “5150” (1986), “OU812” (1988), “For Unlawful Carnal Knowledge” (1991) e “Balance” (1995) —, mantendo o patamar de sucesso de outros tempos.

­

- Advertisement -

Naturalmente, a mudança de cantor iniciou um longo debate sobre qual músico melhor se encaixou na banda. Wolfgang Van Halen já se manifestou sobre o assunto.

Todavia, em sua visão, essa discussão não deveria existir. Em entrevista ao Amoeba Music (via Ultimate Guitar), o único filho de Eddie Van Halen revelou sua opinião sobre a comparação:

“Sem entrar na exaustiva discussão sobre qual vocalista é melhor, eu meio que tenho a mentalidade de que há aspectos positivos em tudo. Se você odeia um lado ou outro, você está ignorando que o mesmo cara compôs músicas para ambas as fases. Você realmente pode encontrar elementos para apreciar.”

Como o atual líder do Mammoth WVH falava na ocasião sobre o box set “The Collection II” — que compila material da fase “Van Hagar”, Wolfgang trouxe uma reflexão a respeito do período do grupo com Sammy nos vocais. Ele disse:

“Eu realmente aprecio o acréscimo melódico que Sammy trouxe para a banda. Acredito que isso permitiu ao meu pai explorar um estilo mais melódico de composição. Há coisas ótimas aqui.”

Wolfgang Van Halen vs. David Lee Roth

Embora tenha elogios para ambos os cantores, Wolfgang Van Halen não tem boa relação pessoal com David Lee Roth. Os dois trabalharam juntos entre 2006 e 2015, quando o jovem filho de Eddie Van Halen integrou a banda.

Em entrevista de 2022 à Rolling Stone, Wolfgang contou que recebeu todo o apoio de Roth durante o período em que o grupo esteve na ativa com ele na formação.

“Ele realmente é uma figura, mas me apoiou muito. Ele realmente me acolheu no time, nunca foi tipo: ‘que diabos esse garoto está fazendo aqui?’. Ele estava totalmente dentro e isso foi verdadeiramente agradável, ele realmente me acolheu. Obviamente, ele não faria parte disso se não estivesse bem com isso e nós realmente nos demos bem, ele é um cara engraçado, sempre rindo.”

Porém, a situação mudou. Ao falar sobre as dificuldades por trás da realização de uma turnê ou mesmo um show em tributo ao pai — falecido em 2020 em decorrência de um câncer —, o filho de Eddie deu a entender que DLR atrapalhava as tentativas.

Leia também:  O guitarrista galês que Slash gostou tanto a ponto de financiar ida para os EUA

“O que posso dizer é que houve uma tentativa de fazer alguma coisa. Não gosto de falar negativamente, mas há algumas pessoas que tornam muito difícil fazer qualquer coisa quando se trata de Van Halen. Estive na banda por um longo tempo e realmente me esforcei para ter um ambiente onde não precisaríamos pisar em ovos ou ter que lidar com personalidades complicadas. Porém, sempre havia algumas coisas que atrapalhavam a ideia de apenas fazer música e me divertir. E, eu acho, foi isso que aconteceu.”

Uma fonte segura confirmou ao jornalista Eddie Trunk que David Lee Roth é a pessoa em questão. Ao próprio radialista, o líder do Mammoth WVH confirmou.

Já Roth usou seu canal no YouTube para abordar os detalhes da relação com aquele que define como “maldito garoto” — Wolfgang, é claro. O frontman abordou supostas interferências do jovem músico nos bastidores da banda e como sua última apresentação com Eddie ficou marcada pelo comportamento do filho.

“Esse maldito garoto está reclamando durante toda a turnê que eu não estaria prestando atenção suficiente nele no palco. Como o Papai Noel descendo pela chaminé e aparecendo no Natal sem ninguém prestando atenção. Shalom para a cúpula, mano. Estou dando a ele o melhor. Tudo que eu tenho na frente são vinte, trinta mil pessoas de uma só vez, e ele está reclamando com todos ao meu redor – o gerente de negócios, o segurança, a camareira – ‘Dave não está prestando atenção suficiente em mim’ […]

Estamos no Hollywood Bowl. Estou prestes a começar ‘Ice Cream Man’, e esse maldito garoto! Novamente ele comanda dois gorilas musculosos, localiza a única dama que é minha convidada. Ela está nos bastidores. Eles a encontram, fazem com que passe vergonha na frente de todos os outros convidados, vão para o estacionamento e a jogam para fora do prédio! Wolfie Van Halen vai me ensinar uma lição jogando fora o que ele pensa ser minha namorada.

Mas adivinhe? Ela não apenas é uma contadora de novo, e ela não apenas carrega os contracheques de 82 de nós na equipe de estrada, mas também carrega bônus em dinheiro para todos lá. É melhor encostar na próxima parada ou vai fazer xixi nas calças. Lembra da cidade de Nova York? É a mesma senhora!

Esse maldito garoto. Esse maldito garoto.

E é assim que lembro do meu último show com Eddie Van Halen.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA opinião de Wolfgang Van Halen sobre o debate David Lee Roth...
Tairine Martins
Tairine Martinshttps://www.youtube.com/channel/UC3Rav8j4-jfEoXejtX2DMYw
Tairine Martins é estudante de jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Administra o canal do YouTube Rock N' Roll TV desde abril de 2021. Instagram: @tairine.m

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades