Eddie Van Halen era fã de Nuno Bettencourt, revela Chad Kroeger

Saudoso guitarrista usava riff do músico do Extreme para aquecimento durante passagens de som do Van Halen

Eddie Van Halen é considerado, com toda a justiça, um dos maiores guitarristas de todos os tempos. Porém, mesmo com o status de pioneiro, ele se mantinha atualizado com as criações dos colegas de profissão. 

Em entrevista à Guitar World, Chad Kroeger, vocalista do Nickelback, trouxe à tona como Nuno Bettencourt (Extreme) descobriu que o músico do Van Halen, falecido em 2020, era um apreciador de seu trabalho no instrumento.

“Nuno estava trabalhando com o técnico de guitarra de Eddie Van Halen quando ele estava em hiato. Daí, Nuno começou a tocar ‘He-Man Woman Hater’ durante a passagem de som e o técnico disse: ‘Como você sabe esse riff? É um riff do Van Halen que nunca foi gravado!’ E Nuno ficou tipo: ‘O que você está falando?’ E o técnico disse que Eddie costumava tocar aquela música em toda passagem de som. Nuno olhou para ele com os olhos brilhando e disse: ‘É nossa música, eu a compus, se chama ‘He-Man Woman Hater’, e isso significa muito para mim!’ Se você tivesse um dos maiores guitarristas de todos os tempos tocando sua música todos os dias, isso seria o maior elogio do mundo!”

- Advertisement -

Nuno Bettencourt e Eddie Van Halen

Ao mesmo veículo, Nuno Bettencourt relembrou seu primeiro encontro com o ídolo descrito como o “alien” que mudou sua vida. 

“A primeira vez que encontrei Eddie, eu estava trabalhando no álbum de Dweezil Zappa [Confessions, de 1991], e ele me deu sua guitarra e disse: ‘Você precisa dar uma olhada neste pedal’. E eu fiquei tipo: ‘Você quer que eu toque enquanto testo esse pedal?’ Daí Eddie está inclinado na minha frente, mexendo em seu pedalboard. E o que você faz quando o alienígena, vindo na nave espacial, que mudou sua vida, está na sua frente? O que você toca? Como um idiota, comecei o solo de ‘Get the Funk Out’. Eu me tornei um cover de mim mesmo.”

Leia também:  Nirvana lançou “Bleach” há 35 anos; veja outros fatos da música em 15 de junho

A música citada conta com uma técnica de guitarra chamada tapping, que foi amplamente difundida por Eddie. De acordo com Nuno, nesse momento a lenda o parou já que sabia que o guitarrista do Extreme não se sentia bem com a reprodução.

“No segundo que eu entro na parte do tapping, Eddie se vira e me para. Ele diz: ‘Ei, ei, nada dessa coisa boba’. Isso me assustou pra caralho. Levei um minuto e então falei a mim mesmo: ‘Ele sabe quem eu sou, ele se informa’. Porque naquela época tinha acabado de sair uma matéria – pode ter sido até na Guitar World – e o entrevistador perguntou sobre ‘Get the Funk Out’ e eu falei: ‘Para ser honesto com você, me sinto bobo quando faço tapping. Não porque seja embaraçoso, mas porque é tão Eddie’. Mais tarde, depois que me senti confortável com Eddie, perguntei a ele: ‘Você leu esse artigo?’ E ele disse: ‘Sim, eu li isso!’ Isso pareceu surreal para mim.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesEddie Van Halen era fã de Nuno Bettencourt, revela Chad Kroeger
Tairine Martins
Tairine Martinshttps://www.youtube.com/channel/UC3Rav8j4-jfEoXejtX2DMYw
Tairine Martins é estudante de jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Administra o canal do YouTube Rock N' Roll TV desde abril de 2021. Instagram: @tairine.m

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades