Josh Klinghoffer conta como é excursionar com o Pearl Jam: “um time”

Além de levar sua banda como atração de abertura, ex-integrante do Red Hot Chili Peppers toca com o grupo principal

A pandemia nos fez perder um pouco da noção do tempo. Digo isso porque já faz 3 anos que a volta de John Frusciante ao Red Hot Chili Peppers foi anunciada. Após um par de discos com a banda, não se sabia qual seria o futuro de Josh Klinghoffer. Seus projetos e trabalhos solo propositalmente fugiam do que atrai o grande público. Não seria de estranhar caso o músico sumisse do radar.

Assim que as turnês foram retomadas, Josh apareceu tocando com o Pearl Jam. Depois, seguiria com a banda solo do vocalista Eddie Vedder. Atualmente, está tão confortável que se permite até mesmo assumir o microfone principal em determinadas ocasiões, tendo como maior destaque a versão para “Purple Rain”, de Prince.

- Advertisement -

Em entrevista à rádio americana KROQ (transcrita pelo Ultimate Guitar), o multi-instrumentista comentou o entrosamento com uma das bandas icônicas do grunge.

“Felizmente, com o Pearl Jam, eu tenho uma carga um pouco mais leve do que talvez eu tenha tido no passado. Estou tocando, talvez, metade do show. Eu costumo não me juntar a eles para músicas de seus primeiros álbuns. Mas toco em todas do novo disco, além de algumas outras. Mas sim, são definitivamente duas mentalidades diferentes.

Acho que o grande diferencial do Pearl Jam é que eles são um time. Todos na banda e equipe cuidam uns dos outros e buscam proporcionar uma boa experiência. E, você sabe, eu estou nessa turnê como atração de abertura e membro da banda principal. Sou apenas mais uma pessoa em uma longa lista de muitos que estão tentando dar uma grande noite para todo mundo.”

Leia também:  Paul McCartney confirma dois shows no Brasil para outubro

Elogios a Eddie Vedder

Ainda durante o bate-papo, Josh Klinghoffer destacou o fato de ser apresentado à plateia todas as noites como um diferencial de seu patrão/parceiro Eddie Vedder. O que o próprio considerou uma grande surpresa.

“Não sabia como seria, mas ele faz isso em todos os shows. É gracioso e adorável de sua parte. Ajudou muito para eu seguir em frente e me sentir bem em ser eu, me preocupando apenas em tocar algumas músicas.”

Sobre Josh Klinghoffer

Josh Klinghoffer despontou na virada do século com o The Bicycle Thief, que abriu para o Red Hot Chili Peppers na turnê de “Californication”. Desenvolveu amizade com o guitarrista John Frusciante, participando de seus álbuns solo e lançando um em parceria. Começou a tocar com a banda na tour de “Stadium Arcadium”, como músico de apoio. Com a saída de Frusciante, assumiu seu posto.

É o músico mais jovem a ter sido induzido ao Rock and Roll Hall of Fame, com 32 anos. Anteriormente, a marca pertencia a Stevie Wonder, que entrou com 38. Atualmente, participa dos shows do Pearl Jam tocando guitarra e percussão. Também acompanha o vocalista Eddie Vedder na carreira solo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasJosh Klinghoffer conta como é excursionar com o Pearl Jam: “um time”
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades