Josh Klinghoffer era amado no Red Hot Chili Peppers, mas não funcionava mais

“Temos uma linguagem com John Frusciante que desenvolvemos quando éramos todos muito mais jovens. Isso foi mais difícil trabalhando com Josh”, explica o baixista Flea em entrevista

Embora estivesse longe de ser unanimidade junto aos fãs, o guitarrista Josh Klinghoffer construiu uma relação sólida com os membros do Red Hot Chili Peppers durante sua passagem pela banda. Por isso, foi difícil cortar os laços quando a coisa passou a não mais dar certo, como revelou o baixista Flea à Classic Rock.

“Ele é um músico incrível, além de uma pessoa gentil e atenciosa. Quando eu estava sofrendo e chorando na estrada, em minhas neuroses e depressão miseráveis, sempre podia procurá-lo. Mas temos uma linguagem com John Frusciante que desenvolvemos quando éramos todos muito mais jovens. Podemos fazer as coisas sem realmente falar sobre, é uma conexão. Isso foi mais difícil trabalhando com Josh.”

Assim que a separação foi definida, todos ficaram abalados. Especialmente Flea, que foi o encarregado de dar a notícia em uma reunião na sua casa.

“Fiquei tão abalado que bati meu carro na garagem. Estava entrando e não vi a porta baixando, de tão perdido nos pensamentos. Simplesmente a atravessei. Foi um momento realmente difícil.”

- Advertisement -
Leia também:  Do banho à alimentação, Fernanda Lira explica rotina da Crypta em turnê

Sobre Josh Klinghoffer

Josh Klinghoffer despontou na virada do século com o The Bicycle Thief, que abriu para o Red Hot Chili Peppers na turnê de “Californication”. Desenvolveu amizade com o guitarrista John Frusciante, participando de seus álbuns solo e lançando um em parceria. Começou a tocar com a banda na tour de “Stadium Arcadium”, como músico de apoio. Com a saída de Frusciante, assumiu seu posto.

É o músico mais jovem a ter sido induzido ao Rock and Roll Hall of Fame, com 32 anos. Anteriormente, a marca pertencia a Stevie Wonder, que entrou com 38. Atualmente, participa dos shows do Pearl Jam tocando guitarra e percussão. Também acompanha o vocalista Eddie Vedder na carreira solo.

Red Hot Chili Peppers e “Unlimited Love”

Unlimited Love”, álbum que marca o retorno de John Frusciante ao Red Hot Chili Peppers, saiu no último dia 1º de abril. O trabalho também traz o reencontro do grupo com o produtor Rick Rubin, após seguirem caminhos separados no trabalho anterior, “The Getaway”.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesJosh Klinghoffer era amado no Red Hot Chili Peppers, mas não funcionava...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades