AC/DC só começou após demissão de Dave Evans, dizia Malcolm Young

Irmãos Young ficavam irritados com declarações do primeiro cantor da banda à imprensa da Austrália

Muitos nem sabem, mas o primeiro vocalista do AC/DC não foi o já falecido Bon Scott, que nos deixou em 1980. Antes dele, o microfone principal era assumido por Dave Evans – que, na visão do também saudoso guitarrista Malcolm Young, não era bom em seu trabalho.

Em uma antiga entrevista para a revista Classic Rock, resgatada pelo site Alternative Nation, Malcolm e seu irmão, o também guitarrista Angus Young, falaram sobre a passagem de Evans pelo AC/DC. O cantor esteve na banda apenas entre 1973 e 1974, trabalhou na sequência em vários projetos que não vingaram e lançou uma carreira solo ancorada até hoje em sua antiga banda, com direito a “cutucadas” ocasionais nos irmãos Young ao conversar com a imprensa.

Ainda que adotassem uma postura discreta no geral, Malcolm e Angus não pouparam nos comentários sobre Dave nesta ocasião à Classic Rock. O papo começou após o jornalista mostrar aos irmãos um flyer de um evento em que o cantor iria se apresentar com a Overdose, banda que faz tributo ao AC/DC.

Angus, soando irritado, questionou:

“Quantas bandas esse cara já teve?”

Em seguida, Malcolm respondeu de forma mais explicativa.

“Sempre que voltamos à Austrália, há algo no jornal local sobre (Dave Evans dizendo): ‘eu fiz o AC/DC ser o que é hoje’. O dia em que nos livramos dele é que foi o dia em que a banda começou.”

A dispensa de Dave Evans do AC/DC, segundo Malcolm Young

Em um raro momento onde parecia estar disposto a falar, Malcolm Young relembrou-se da ocasião em que Dave Evans foi dispensado do AC/DC.

“A história é boa: iríamos tocar em um pub em Melbourne e Dave estava vestido quase como Gary Glitter (artista glam), com a roupa que ele insistia em usar. Era ridículo. Uns caras durões e beberrões estavam atrás dele, então falamos para ele dar uma volta por 10 minutos enquanto tocávamos um som mais boogie.

Rolou por uma hora e meia sem ele e o lugar foi à loucura. Percebemos que não precisávamos de um vocalista.”

Angus complementou:

“Não, nós percebemos que não precisávamos daquele vocalista. Na verdade, chamá-lo de ‘vocalista’ é algo educado de nossa parte.”

Ao todo, Dave Evans gravou apenas duas músicas com o AC/DC. São elas: “Can I Sit Next to You, Girl” e “Rockin’ in the Parlour”, ambas lançadas como singles em 1974. A primeira chegou a ser regravada com Bon Scott no vocal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
19
Share