Foto: divulgação

Alex Lifeson e Geddy Lee pretendem trabalhar juntos em músicas novas

O Rush não deve retomar suas atividades, já que o baterista Neil Peart morreu em 2020. Porém, o guitarrista Alex Lifeson e o vocalista e baixista Geddy Lee pretendem voltar a trabalhar juntos, criando músicas novas.

O Rush não deve retomar suas atividades, já que o baterista Neil Peart morreu em 2020. Porém, o guitarrista Alex Lifeson e o vocalista e baixista Geddy Lee pretendem voltar a trabalhar juntos, criando músicas novas.

A novidade foi revelada por Lifeson, em entrevista ao canal de YouTube ‘Make Weird Music‘, transcrita pelo Blabbermouth. Durante o bate-papo, o guitarrista contou que a pandemia pode atrasar um pouco o desejo de se reunir com o colega de Rush, mas que os trabalhos serão iniciados assim que possível.

“Após finalizarmos a última turnê em 2015, comecei a compor sozinho e fazer algumas coisas. Geddy estava fazendo um livro. Falamos sobre nos juntarmos e tocarmos, mas ele ficou muito ocupado, mesmo após terminar o livro, pois precisava divulgar. Então, não pudemos tocar juntos. Ainda falamos sobre isso e sei que faremos algo. Claro, a pandemia atrapalhou, mas estamos ansiosos para nos reunirmos e fazermos o que fazemos desde os 14 anos.”

Em outro momento da entrevista, Alex Lifeson admitiu que foi complicado manter-se motivado a tocar após a morte de Neil Peart. Geddy Lee sentiu o mesmo desânimo.

“Após Neil falecer, foi muito difícil ficar inspirado a tocar. Éramos muito próximos. Geddy e eu esperávamos melhorar com isso. Neil ficou doente por 3 anos e meio e ninguém sabia – bem, muitos sabiam, mas não era algo público. Achávamos que estaríamos preparados quando ele nos deixasse, mas não estávamos. Sofremos muito, fora a pandemia. Mesma coisa quando a filha de Neil morreu (em 1997). Não toquei por um bom tempo.”

O guitarrista já havia comentado sobre esse mesmo desânimo em outras entrevistas. Em maio, ele conversou com um programa de rádio sobre o atual estágio de sua carreira:

“Tem sido difícil. Depois que Neil faleceu, toquei guitarra poucas vezes. Não me sinto inspirado e motivado. Foi a mesma coisa quando a filha de Neil morreu em um acidente de carro, em 1997. Não toquei por um ano. Não sinto vontade em meu coração agora. […] Não sei se existe motivação entre nós para fazer algo agora. Temos orgulho do que fizemos e ainda amamos música, mas é diferente agora.”

Apesar disso, Alex Lifeson e Geddy Lee consideravam fazer uma parceria antes da morte de Neil Peart. Em entrevista ao Toronto Sun, em maio de 2019, Lee comentou:

“É possível que Alex e eu façamos algo no futuro. […] Porém, estou relutante em deixar minha família novamente. Então, para outro projeto musical envolvendo turnês, teria que ser algo que eu goste muito. Não digo que não faria isso, mas eu teria que estar confiando muito, a ponto de valer a pena essa separação.”

O fim do Rush

Foto: divulgação

O último show do Rush foi feito em 1° de agosto de 2015, em Inglewood, nos Estados Unidos. Na época, a banda celebrava os 40 anos da entrada de Neil Peart para a formação, com a turnê “R40”.

As atividades do grupo foram encerradas após essa tour, já que Peart estava sentindo muitas dores nas costas. Ele planejava seguir como escritor, lançando livros, mas foi diagnosticado com um câncer no cérebro em agosto de 2016. Acabou falecendo em janeiro de 2020, aos 67 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share