Billy Sheehan diz que gravadora arruinou Defying Gravity, do Mr. Big, e Frontiers responde

O baixista Billy Sheehan, do Mr. Big, fez críticas ao trabalho desempenhado pela gravadora da banda a respeito do álbum mais recente, ‘Defying Gravity’ (2017). De acordo com o músico, o último trabalho com o baterista Pat Torpey, falecido em 2018, foi marcado por uma série de prazos apertados para entrega de material, o que comprometeu o resultado artístico obtido.

Durante a entrevista, concedida ao podcast Music Mania e transcrita pelo Blabbermouth, Sheehan não cita o nome da Frontiers, que foi a responsável pelo lançamento. Após a repercussão da conversa, especialmente em sites que transcreveram parte do conteúdo, a Frontiers emitiu uma nota em que se exime da culpa e aponta que o baixista, de fato, não menciona a empresa.

- Advertisement -

– Resenha: Defying Gravity ‘desafia gravidade’, mas não o bom gosto

“Caímos em mais uma armadilha da gravadora, onde eles disseram que precisavam do disco em um dia específico. Isso estragou tantos discos. Se a gravadora apenas percebesse que o trabalho ainda não estava pronto, que precisava de mais tempo… em vez disso, insistem que as músicas sejam enviadas e lançadas quando não está pronto”, afirmou.

Sheehan contou que o trabalho de masterização, etapa derradeira da pós-produção em que as gravações são balanceadas e transferidas para a mídia final, evidenciou os problemas de ‘Defying Gravity’. “Levamos para a masterização e estava matador. Quando enviaram de volta o material, estava inaudível. Tentaram fazer uma segunda masterização que não funcionou. Mesmo assim, tiveram que enviar para a gravadora, que arruinou o álbum, por insistir em tê-lo”, disse.

O músico acredita que se o Mr. Big tivesse mais um dia para trabalhar na masterização, o resultado seria diferente. “Fui ao estúdio todos os dias e ouvi as gravações. Pat estava conosco. Estava soando tudo bem, mas acabamos nos ferrando”, afirmou ele, mencionando, ainda, que outras bandas já passaram pela mesma situação.

Leia também:  Sophie Lloyd toca Jimi Hendrix em vídeo e internautas só comentam sobre mamilo

“Deveríamos ter feito como algumas bandas que não aceitam pressão do departamento de marketing. O álbum tinha boas músicas. ‘Be Kind’ é ótima, poderia ser um hit em qualquer lugar. Não gostei tanto da faixa-título, ‘Defying Gravity’, não a escolheria para dar nome ao disco, pois acho que a marcação de tempo incomum dela não funcionou. Não é meu álbum favorito do Mr. Big, mas acho que ficaria bem melhor se não tivessem ferrado a gente”, afirmou.

Ainda segundo Sheehan, fãs já chegaram reclamando da sonoridade de ‘Defying Gravity’, mas que ele não pode falar nada. “Nós temos que defender. O que posso fazer? Concordar? Só que, lá no fundo, a gente sabe que não soa bem. O produtor, Kevin (Elson), ficou decepcionado”, disse.

– Leia também: Eric Martin quer Richie Kotzen na turnê de despedida do Mr. Big

Frontiers se explica

Em nota, a gravadora Frontiers explicou que não foi a única empresa responsável pelo lançamento de ‘Defying Gravity’. O texto aponta que Billy Sheehan não chega a citar o nome da empresa.

“Quem ouviu a entrevista, conferiu que Billy não cita o nome Frontiers. Ele só cita ‘a gravadora’. Sites colocaram o nome da Frontiers. Entendemos, pois a Frontiers lançou o álbum em quase todo o mundo, mas não é correto. O Mr. Big assinou um contrato com uma gravadora japonesa (Wowow Entertainment) para ‘Defying Gravity’ que não teve nada a ver com a Frontiers”, diz o comunicado.

O texto completa: “A gravadora japonesa queria ter lançado o álbum um mês antes. Nós planejamos lançar em 21 de junho de 2017, em vez de maio, conforme o selo japonês havia proposto. Acabamos adiando para 7 de julho de 2017 e, em seguida, para 21 de julho de 2017, devido a atrasos na entrega do material. Em 21 de junho de 2017, segundo o Discogs, a versão japonesa acabou sendo lançada. Não sabemos o que aconteceu entre eles, mas a Frontiers garante que não apressou a entrega”.

Leia também:  Turnê de Paul Di’Anno pelo Brasil volta a ser adiada devido a problemas de saúde

– Leia também: ‘Na América do Sul, os fãs cantam os solos do Mr. Big’, diz Billy Sheehan

Por fim, a Frontiers afirma que não tem qualquer má vontade ou ressentimento com relação à fala de Billy Sheehan. “Só queremos esclarecer que não apressamos ou pressionamos a banda, nem fomos os responsáveis por decidir qual versão do álbum seria fabricada e lançada. Somos e seguimos sendo grandes fãs do Mr. Big e é uma honra ter lançado álbuns deles”.

Eric Martin não gosta de Defying Gravity

Também ao Music Mania, o vocalista Eric Martin disse que não gostou de ter gravado ‘Defying Gravity’. “Não liguei muito para esse disco. Gostei de algumas músicas. A melhor parte foi estar junto dos caras, pois não havíamos feito nada por 6 meses ou um ano. Isso foi legal. Fizemos uma pequena festa surpresa de aniversário para Billy e foi um bom momento”, disse, inicialmente.

Em termos musicais, Eric Martin acredita que a pressa para concluir ‘Defying Gravity’ foi crucial para o resultado não o agradar tanto. “Vou soar como chorão, mas não tive a mesma experiência que Billy e Paul (Gilbert, guitarrista). Eles gostaram da pressão, de ter que fazer tudo rápido, na pressa, mas eu não gostei. Tivemos de 6 a 10 dias para compor, gravar e mixar. Não sei o motivo. Talvez os caras estivessem com turnês marcadas, ou o produtor (Kevin Elson) tinha outros projetos”, afirmou.

– Leia também: Por que Eric Martin não curtiu gravar ‘Defying Gravity’

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasBilly Sheehan diz que gravadora arruinou Defying Gravity, do Mr. Big, e...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades