Por que cabelo de Slash está liso na capa de “Appetite for Destruction”, do Guns N’ Roses

Visual da banda em material promocional do primeiro disco apresentou diferenças marcantes

O Guns N’ Roses contava com algumas diferenças marcantes no aspecto visual usado para promover Appetite for Destruction em comparação ao que os músicos representavam. O vocalista Axl Rose, por exemplo, apareceu no videoclipe de Welcome to the Jungle com um cabelo bem mais “armado” que o convencional.

Outro fator que pode ser notado diz respeito à caveira de Slash na segunda capa do álbum. O guitarrista aparece com o cabelo liso, diferente da vida real. A explicação veio em uma entrevista de 1988, feita para a MTV.

- Advertisement -

Estabeleceu-se o seguinte diálogo, conforme transcrição do Loudwire:

“Axl: Observem, Slash queria cabelo liso, então demos a ele aqui.
Slash: Eu não pedi cabelo liso! (risos)
Axl: Sim, você pediu. É verdade. Pediu sim.”

Após algumas argumentações, Slash cedeu e se questionou:

“Eu estava bêbado?”

O cantor inicialmente afirmou que não tinha certeza, mas depois observou que Slash estava na infame “Hell House” quando pediu que seus cabelos fossem lisos no desenho, que era um local icônico (e caótico) nos primeiros anos do Guns N’ Roses.

Leia também:  A música do Black Sabbath que quase deu nome ao Van Halen

Então, Slash cedeu:

“Ah, sim. Eu disse ao Bill (Billy White Jr, autor do desenho): ‘Você nunca vai conseguir desenhar cabelos cacheados direito.’”

Guns N’ Roses e “Appetite for Destruction”

Disponibilizado em 21 de julho de 1987, “Appetite for Destruction” teve seu estouro comercial apenas um ano após o lançamento, com a popularização do single “Sweet Child O’ Mine”. Só então chegou ao topo do The Billboard 200, principal parada dos Estados Unidos.

Nomes como Paul Stanley (Kiss), Manny Charlton (Nazareth), Mutt Lange e Spencer Proffer foram cotados para a produção. Alguns até chegaram a gravar demos com a banda. Mas o posto acabou com Mike Clink.

Todas as músicas são creditadas ao grupo, com colaborações de West Arkeen em “It’s So Easy” e Chris Weber em “Anything Goes”.

“Appetite For Destruction” vendeu mais de 30 milhões de cópias em todo o mundo. Ganhou disco de platina no Brasil – premiação rara para um álbum internacional no país.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que cabelo de Slash está liso na capa de “Appetite for...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades