“Rumours”, novo filme de Cate Blanchett, teve nome inspirado no Fleetwood Mac

Segundo o diretor Galen Johnson, a escolha se deu porque, assim como nas gravações do disco, “todo mundo transa com todo mundo” no longa

O novo filme de Cate Blanchett, “Rumours”, recebeu o nome do icônico álbum do Fleetwood Mac. A informação foi revelada no último domingo (19), durante uma coletiva de imprensa no Festival de Cinema de Cannes, na França. O evento teve início no último 14 de maio e vai até o dia 25.

A comédia, dirigida por Guy Maddin, Evan Johnson e Galen Johnson, segue um grupo de líderes mundiais que se reúnem no G7 – um encontro político e econômico de mentes do Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos. Eles acabam se perdendo em uma floresta enquanto tentam redigir uma declaração conjunta. Segue-se a devassidão e há ligações românticas entre alguns dos envolvidos.

- Advertisement -

Durante a conversa com os repórteres, conforme registro da Variety, Cate confessou a conexão:

“Eu confirmei algo com Galen ontem à noite, e é estranho que isso nunca tenha surgido. Perguntei: ‘Por que diabos esse filme se chama ‘Rumours’?’ Meu marido ainda completou: ‘É por causa do álbum do Fleetwood Mac?’ E ele respondeu: ‘Sim, é isso’.”

O diretor arrematou na sequência:

“‘Rumours’, o álbum, era famoso em termos criativos e também porque todos transaram uns com os outros durante as gravações. Então, fez sentido para nós. Ninguém questionou. Achávamos que as pessoas, produtores e financiadores diriam: ‘Por que Rumours?’ Mas ninguém nunca questionou isso, então simplesmente apareceu no título.”

Estreia celebrada

De acordo com registro da Variety, a estreia no sábado (18) à noite foi aplaudida de pé por quatro minutos enquanto Blanchett mandava beijos para a multidão. Todos os presentes acolheram muito bem o humor sarcástico do filme, rindo durante a exibição.

Além de Blanchett, “Rumours” também conta com Alicia Vikander, Charles Dance, Roy Dupuis, Denis Ménochet, Nikki Amuka-Bird, Rolando Ravello, Takehiro Hira e Zlatko Burić. A chegada aos cinemas e formatos domésticos ainda não está confirmada oficialmente.

Leia também:  Pai de Oli Sykes participa de show do Bring Me the Horizon na Alemanha

Fleetwood Mac e “Rumours”

Décimo primeiro trabalho de estúdio do Fleetwood Mac, “Rumours” marcou a transição definitiva para a sonoridade pop/soft rock, após o início de carreira totalmente fundamentado no blues. Durante as gravações, todos os integrantes estavam enfrentando divórcios e problemas com drogas. As situações foram levadas para as composições.

Segunda faixa lançada no formato promocional, “Dreams” é a única música da carreira da banda a alcançar o número 1 no Billboard Hot 100, principal parada de singles americana.

“Rumours” se tornou um dos discos mais bem-sucedidos de todos os tempos. Até hoje, foram comercializadas mais de 45 milhões de cópias. Por conta dos atrasos nas gravações, a turnê teve início antes de o álbum chegar às lojas. Porém, surpreendendo os próprios envolvidos, a presença na estrada acabou mais ajudando do que atrapalhando a promoção.

“Daisy Jones & The Six”

Ao contrário do filme, onde a referência se resume ao título, uma história recente possui inspiração direta no Fleetwood Mac. “Daisy Jones & The Six” acompanha a banda fictícia de mesmo nome que se separa repentinamente no ápice de seu sucesso. O livro de Taylor Jenkins Reid, lançado em 2019, conquistou o status de best-seller e, de quebra, uma legião de fãs graças ao realismo.

Também ganhou uma adaptação em série de TV, pelo Amazon Prime Video, com estreia ocorrida em março de 2023. Foi a mais assistida do serviço nos Estados Unidos, além de a quarta no raking geral, que inclui produções de todos os streamings. Confira uma explanação detalhada sobre as referências clicando aqui.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotícias“Rumours”, novo filme de Cate Blanchett, teve nome inspirado no Fleetwood Mac
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades