Como o Mötley Crüe reagiu à saída de Mick Mars, segundo Nikki Sixx

Assim como todo o mundo, integrantes da banda também foram surpreendidos quando guitarrista deixou o grupo

Em 2022, o mundo do hard rock foi surpreendido com a notícia de que Mick Mars estava deixando o Mötley Crüe. Em meio a uma disputa judicial que ainda segue, a vaga foi assumida por John 5.

No fim das contas, os outros integrantes da banda também foram pegos de surpresa. O baixista Nikki Sixx e o vocalista Vince Neil conversaram sobre o assunto com a rádio 95.5, de Chicago (via Blabbermouth).

- Advertisement -

Perguntados sobre qual foi a reação da banda quando Mars anunciou a saída, eles explicaram que realmente não esperavam — e consideraram encerrar as atividades do grupo novamente. Sixx contou qual foi a linha de pensamento seguida por eles quando tudo aconteceu:

“Estávamos fazendo nossa turnê em estádios e Mick decidiu sair. Nós realmente tivemos que sentar e pensar: ‘Bem, o que faremos? Vamos desistir? Vamos desistir dos fãs, da (promotora) Live Nation e do Def Leppard?’ John, todos nós conhecemos John. Eu trabalhei com John. Nós meio que falamos sobre isso. E se tivéssemos que seguir em frente, seria de uma forma bonita. Tem sido ótimo.”

De fato, desde a chegada de John 5, a banda segue fazendo shows e recentemente lançou uma música nova, “Dogs of War”, a primeira com o guitarrista. Mick Mars, por sua vez, finalmente tirou da gaveta seu aguardado álbum solo, “The Other Side of Mars”, que saiu em fevereiro deste ano.

Leia também:  Por que Nita Strauss foi negada em 1º teste para banda de Alice Cooper

O outro lado

Em abril de 2023, Mick Mars entrou com uma ação contra os integrantes do Mötley Crüe. Ele alegou ter sido expulso do Crüe e roubado em termos financeiros.

Embora tenha de fato se retirado das tours por questões de saúde (ele sofre de uma doença crônica chamada espondilite anquilosante), o músico disse que poderia continuar gravando com a banda ou realizando apresentações selecionadas.

Diante de seu afastamento, sua parcela nos lucros foi cortada de 25% para 5%. Além disso, segundo o TMZ, Mick apontou que “os advogados da banda o fizeram sentir que deveria ser grato até mesmo por aquela pequena fatia, porque eles não achavam que lhe deviam nada”.

Leia também:  Além do Yes, 5 clássicos do rock com participação de Rick Wakeman

Em meio à confusão e trocas de farpas na imprensa, Mars está na Justiça pedindo acesso a documentos corporativos do grupo, o que lhe foi concedido. Por outro lado, musicalmente falando, o guitarrista não descarta uma colaboração.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesComo o Mötley Crüe reagiu à saída de Mick Mars, segundo Nikki...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades