Show reunindo Augusto Licks e Carlos Maltz vai a Curitiba

Primeira apresentação de reencontro da dupla do Engenheiros do Hawaii foi realizada em Porto Alegre

Após a estreia em Porto Alegre, ocorrida no mês de abril – confira resenha clicando aqui –, o guitarrista Augusto Licks e o baterista Carlos Maltz anunciaram o segundo show de reunião. A dupla levará o repertório da formação clássica do Engenheiros do Hawaii a Curitiba.

­

- Advertisement -

A apresentação acontece dia 16 de agosto, uma sexta-feira, na Ópera de Arame. Novamente, os dois estarão acompanhados dos músicos da banda tributo Engenheiros sem CREA.

Ingressos já estão à venda. O serviço completo pode ser conferido ao final da matéria.

Reunião do Engenheiros do Hawaii

Segundo Humberto Gessinger, é improvável que uma reunião completa do Engenheiros do Hawaii aconteça em um futuro próximo. O assunto surgiu durante conversa com o canal Alta Fidelidade em 2020, transcrita pelo Tenho Mais Discos que Amigos.

Na ocasião, o músico disse ser muito grato pelo carinho do público, que até hoje admira o trabalho apresentado junto aos antigos colegas. Contudo, o cantor não tem boas memórias atreladas ao período em que fez parte do grupo, sobretudo por causa da exposição exagerada advinda da fama.  

Ele declarou: 

“Cara, eu fico tão feliz que as pessoas se lembrem com carinho desse momento. Mas eu não tenho muitas saudades, não por conta do Carlos e do Augusto, pelo contrário. Mas eu não me sentia muito à vontade com a exposição que a banda tinha. Às vezes eu me lembro e me dá uma sensação boa, mas de alívio também de ter passado. Não por conta do Augustinho e do Carlos, não estou falando disso, falando do momento histórico mesmo, de ter aquele grau de exposição.”

Apesar do bate-papo em questão ter ocorrido quatro anos atrás, Humberto permanece com a mesma opinião. Durante recente participação no podcast Corredor 5, transcrita pelo Whiplash, o cantor mencionou ainda outro motivo pelo qual não tem vontade de reunir a banda novamente.

Leia também:  Com ex-colegas de Angra e até cantor, Kiko Loureiro anuncia músicos de sua turnê

Para exemplificar, citou os Titãs. Em sua concepção, os músicos do grupo paulistano têm as condições ideais para um retorno triunfal. Já em relação ao Engenheiros do Hawaii, o contexto não é o mesmo. O próprio acredita que “morreria de sono” ao tocar as músicas do antigo grupo, principalmente devido aos arranjos. 

“Os Titãs nessa coisa do retorno é uma coisa excepcional. É a banda certa para fazer isso. Um lance maravilhoso. Eles são um coletivo. Agora, eu morreria de sono no início da minha primeira música se fosse tocar. Ou seja, não sobrevive cinco minutos minha vontade de tocar novamente os arranjos originais […]. O lance dos Titãs é maravilhoso, levaram a coisa para o ambiente de shows em arena, minha geração não tinha acesso a isso. Não é uma coisa para todo mundo, não conseguiria fazer.”

Licks & Maltz com Os Engenheiros Sem CREA em Curitiba

  • Data: 16 de agosto de 2024 (sexta-feira)
  • Local: Ópera de Arame – Rua João Gava, 920 – Abranches
  • Classificação etária: 16 anos – acompanhado de responsável legal
  • Horários: 19h (portas), 21h (show)
  • Ingressos online: Bilheto
  • Ingressos Ponto de venda físico (sem taxa): Loja Let’s Rock (Dinheiro, Débito e Crédito à vista). Endereço: Galeria Pinheiro – Praça Tiradentes, 106 Ljs 03 E 04 – Centro – Curitiba – PR. Horário: Seg. a Sex. 09h00 às 19h00 / Sáb. 09h00h às 15h00

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasShow reunindo Augusto Licks e Carlos Maltz vai a Curitiba
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

1 COMENTÁRIO

  1. No meu ponto de vista acho uma frescura o Humberto não se reunir pra tocar o que ele ajudou a criar. Frescura de dizer que dormiria no palco. Um verdadeiro descaso com os fãs que gostariam de ver isso acontecer. Adoro Humberto. Sou fã mas acho um piti.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades