As 3 músicas que fizeram Eddie Vedder acreditar no Pearl Jam

Faixas foram entregues ao vocalista em uma fita demo e entraram no álbum de estreia do grupo, “Ten”

Quando Eddie Vedder se juntou ao Pearl Jam, recebeu uma fita demo com versões instrumentais para três músicas. Apesar de se tratar de um trabalho em estágios iniciais, foi ali que o vocalista sentiu que valia a pena acreditar na banda.

A revelação veio durante entrevista concedida em 2004 ao The Believer, conduzida por Carrie Brownstein, vocalista e guitarrista do Sleater-Kinney. Na ocasião, o artista foi questionado sobre a primeira composição que realmente o havia deixado orgulhoso.

- Advertisement -

Disse o frontman, conforme resgate do Far Out Magazine:

“Na primeira fita havia três músicas: ‘Alive’, ‘Black’ e ‘Once’. As duas primeiras permaneceram basicamente a mesma coisa e são legais.”

Após o cantor passar no teste da fita, a banda entrou em uma sala de ensaio e as músicas rapidamente tomaram forma permanente.

“Gravamos muito, ensaiamos uma semana e fizemos as versões definitivas no último dia. Acho que voltei para casa com uma fita de dez ou onze músicas, a maioria delas estava pronta.”

Eddie ainda fez questão de ressaltar o fato de todos os envolvidos terem passado por outras bandas até encontrar a escalação definitiva rumo ao sucesso.

Leia também:  Após boicotes, Barclays rompe patrocínios com Download Festival, Latitude e Isle of Wight

“Parecia que muito do que havia participado antes soava derivativo, enquanto o que estávamos fazendo tinha vida própria.”

Pearl Jam e “Ten”

Lançado em 27 de agosto de 1991, “Ten” foi registrado com orçamento na casa dos 25 mil dólares, valor considerado baixo para os padrões da época. Mesmo assim, os músicos do Pearl Jam conseguiram convencer a gravadora a realizar a mixagem na Inglaterra.

Quatro faixas foram lançadas como single: “Alive”, “Even Flow”, “Jeremy” e “Oceans”. A gravadora tentou promover “Black” no formato, mas a banda recusou alegando se tratar de uma canção de conteúdo muito pessoal para ser usada como peça promocional.

Foi o único a contar com o baterista Dave Krusen. Chegou ao segundo lugar na parada norte-americana, vendendo mais de 15 milhões de cópias em todo o mundo. Ganhou disco de ouro no Brasil.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesAs 3 músicas que fizeram Eddie Vedder acreditar no Pearl Jam
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades