Saiba quando o Aerosmith volta aos palcos após Steven Tyler lesionar cordas vocais

Shows da turnê de despedida "Peace Out" foram remarcados após adiamento em setembro do ano passado

Em setembro de 2023, o Aerosmith precisou interromper a então recém-iniciada turnê “Peace Out”. O vocalista Steven Tyler sofreu uma ruptura grave nas cordas vocais, causando uma fratura de laringe e impossibilitando que o giro que marca a despedida da banda fosse prosseguido.

Ao que tudo indica, o cantor de 76 anos está recuperado — ou próximo do estágio ideal. Em seu site, a banda anunciou as novas datas da tour, com 41 apresentações distribuídas entre setembro deste ano e fevereiro de 2025.

- Advertisement -

O The Black Crowes segue como atração de abertura. Inicialmente, o planejamento envolvia agraciar outros continentes com a passagem de Tyler e seus colegas no futuro.

Confira a agenda a seguir.

  • 20 de setembro – PPG Paints Arena – Pittsburgh, PA
  • 23 de setembro – Wells Fargo Center – Filadélfia, PA
  • 26 de setembro – KFC Yum! Center – Louisville, KY
  • 29 de setembro – Rocket Mortgage Fieldhouse – Cleveland, OH
  • 2 de outubro – Spectrum Center – Charlotte, NC
  • 5 de outubro – Thompson Boling Arena – Knoxville, TN
  • 8 de outubro – Capital One Arena – Washington, DC
  • 11 de outubro – State Farm Arena – Atlanta, GA
  • 14 de outubro – Enterprise Center – St.
  • 17 de outubro – Heritage Bank Center – Cincinnati, OH
  • 20 de outubro – Bridgestone Arena – Nashville, TN
  • 31 de outubro – Footprint Center – Phoenix, AX
  • 3 de novembro – Frost Bank Center – San Antonio, TX
  • 6 de novembro – Moody Center – Austin, TX
  • 9 de novembro – American Airlines Center – Dallas, TX
  • 12 de novembro – BOK Center – Tulsa, OK
  • 15 de novembro – CHI Health Center – Omaha, NE
  • 18 de novembro – Ball Arena – Denver, CO
  • 21 de novembro – Moda Center – Portland, OR
  • 24 de novembro – Climate Pledge Arena – Seattle, WA
  • 27 de novembro – Delta Center – Salt Lake City, UT
  • 30 de novembro – Chase Center – São Francisco, CA
  • 4 de dezembro – SAP Center – San Jose, CA
  • 7 de dezembro – Kia Forum – Los Angeles, CA
  • 28 de dezembro – Prudential Center – Newark, NJ
  • 31 de dezembro – TD Garden – Boston, MA
  • 4 de janeiro – Little Caesars Arena – Detroit, MI
  • 7 de janeiro – ScotiaBank Arena – Toronto, ON
  • 10 de janeiro – Bell Centre – Montreal, QC
  • 13 de janeiro – Schottenstein Center – Columbus, OH
  • 16 de janeiro – Gainbridge Fieldhouse – Indianapolis, IN
  • 19 de janeiro – United Center – Chicago, IL
  • 22 de janeiro – Xcel Energy Center – St. Paul, MN
  • 25 de janeiro – T-Mobile Center – Kansas City, MO
  • 11 de fevereiro – Kia Center – Orlando, FL
  • 14 de fevereiro – Amalie Arena – Tampa, FL
  • 17 de fevereiro – Amerant Bank Arena – Sunrise, FL
  • 20 de fevereiro – PNC Arena – Raleigh, NC
  • 23 de fevereiro – Madison Square Garden – Nova York, NY
  • 26 de fevereiro – KeyBank Center – Buffalo, NY
Leia também:  Kirk Hammett diz que é fácil tocar Metallica na guitarra

Aerosmith e “Peace Out”

Anunciada como excursão de despedida, a “Peace Out” não conta com um músico da formação clássica do Aerosmith, o baterista Joey Kramer.

Embora um motivo não tenha sido divulgado de forma oficial, os outros músicos vêm comentando em entrevistas que o colega de 73 anos não estaria apto fisicamente para lidar com o ritmo de viagens e as demandas físicas de seu instrumento. John Douglas, integrante da equipe técnica que já o havia substituído anteriormente, segue na função.

Em entrevista à Guitar World (via Guitar.com), o guitarrista Joe Perry refletiu sobre as razões que influenciaram na tomada dessa decisão. Inicialmente, ele preferiu exaltar a longevidade da banda, na ativa desde 1970.

“Eu realmente acho que é o fim. Se você olhar quantos anos temos, o fato de ainda podermos sair e tocar como uma banda é algo bastante notável.”

A ausência de Joey Kramer na atual sequência de compromissos foi lembrada por Perry. Ele comentou:

“É triste que Joey Kramer não possa estar conosco. Ele deu tudo o que tinha para dar fisicamente. Mas o resto de nós ainda pode tocar.”

O músico, então, apontou o motivo para a aposentadoria: tanto ele quanto os parceiros sentem que a qualidade de suas performances poderia ser afetada.

“Nunca queremos chegar ao ponto em que sentimos que não podemos tocar como costumávamos. Então, sim, acho que é isso.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasSaiba quando o Aerosmith volta aos palcos após Steven Tyler lesionar cordas...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades