Travis Barker explica motivação para viajar de avião e vir ao Brasil com o Blink-182

Baterista ficou traumatizado após grave acidente aéreo que vitimou quatro pessoas em 2008

A primeira vinda à América do Sul, que acontece no momento da publicação desta matéria, é mais uma das superações que envolvem a história recente do Blink-182. A banda, que reuniu a formação clássica após o baixista e vocalista Mark Hoppus vencer um câncer, também precisa lidar com outra situação traumática: o medo de voar do baterista Travis Barker.

Em 19 de setembro de 2008, o músico sobreviveu a um grave acidente aéreo no estado americano da Carolina do Sul. Quatro pessoas morreram e o avião foi inteiramente consumido pelas chamas. O artista passou 11 semanas internado em um hospital. Em tempos recentes, se declarou livre do tormento, graças à ajuda da esposa, Kourtney Kardashian.

- Advertisement -

Em entrevista exclusiva à GQ Brasil, o instrumentista mencionou a importância do apoio para conseguir lidar com o tema.

“Minha esposa me ajudou muito a superar tudo isso. Por 17 anos, eu era realmente muito restrito pelos meus medos, eles me controlavam. Com o meu novo relacionamento e o poder do amor, eu senti que finalmente podia encarar meus temores mais profundos. E eu não queria perder mais nada, porque eu realmente me senti preso por tanto tempo, e agora eu fico tão feliz em poder voltar a viver as coisas que eu tinha medo, eu curto cada segundo. E esse é o porquê de eu estar aqui.”

De qualquer modo, apesar de ter superado o pavor, ele ressalta que a atividade de voar segue sendo um incômodo.

Leia também:  A última música que Jon Bon Jovi cantaria ao vivo, se pudesse escolher

“Eu continuo odiando viajar de avião, continua sendo muito difícil e uma parte de mim sempre morre toda vez que eu tenho que voar, mas eu também sei que eu me sentiria pior se eu não estivesse assumindo o risco. Quando estou no palco ou quando encontro com os fãs, faz tudo valer a pena.”

O acidente de avião de Travis Barker

Travis Barker estava em Columbia, Carolina do Sul, por conta de uma apresentação que fez junto do DJ Adam Goldstein (mais conhecido como DJ AM), um de seus grandes amigos.

Já era tarde da noite quando a dupla embarcou em um Learjet 60. O destino era o aeroporto Van Nuys, no estado da Califórnia.

Havia outros quatro ocupantes na aeronave: o segurança Charles Still, o assistente Chris Baker (ambos também amigos de Barker), além da capitã Sarah Lemmon e do copiloto James Bland.

Pouco antes da meia-noite do dia 20 de setembro, o avião iniciou o procedimento de decolagem quando os ocupantes escutaram um barulho alto. Isso se resultou da explosão de um dos pneus do trem de pouso.

A capitã Lemmon abortou a decolagem e logo avisou a torre de controle para enviar equipes de resgate, ciente de que não haveria tempo suficiente para parar a aeronave.

Leia também:  Por que Michael Denner está fora do Mercyful Fate, segundo Hank Shermann

O Learjet 60 acabou saindo da pista, se chocou com uma cerca limítrofe do aeroporto e parou, já completamente tomado pelo fogo, em um declive. Os bombeiros levaram aproximadamente uma hora para controlar as chamas.

Apenas Travis Barker e Adam Goldstein sobreviveram ao acidente de avião – o segundo faleceria um ano mais tarde, em decorrência de uma overdose. O baterista afirmou que na pressa em deixar o avião, pulou em um local que o deixou encharcado de combustível. Como consequência, ficou com o corpo todo em chamas e não teve outra escolha a não ser arrancar suas roupas e rolar no chão para apagar o fogo.

A história completa, com depoimento do baterista, pode ser conferida clicando aqui.

A estreia do Blink-182 em palcos nacionais aconteceu na última sexta-feira (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O trio foi uma das atrações principais do primeiro dia do Lollapalooza Brasil 2024.

O setlist contou com 26 músicas, 6 delas do álbum “One More Time…”, lançado ano passado. O disco que sacramentou o reencontro do trio chegou ao topo da Billboard 200, principal parada dos Estados Unidos.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesTravis Barker explica motivação para viajar de avião e vir ao Brasil...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades