Eddie Van Halen não queria ter iniciado cultura dos shredders, diz Steve Lukather

Guitarrista do Toto também não é muito fã da "fritação" entre os guitarristas mais jovens da cena

Seja técnica extrema, simples “fritação” ou “shredding” para os mais puristas, o fato é que todos os adeptos dessa abordagem na guitarra devem a influência a Eddie Van Halen, considerado pioneiro dos shredders. Mas segundo o amigo e contemporâneo Steve Lukather, Eddie não desejava ter iniciado essa cultura guitarrística.

Em entrevista para a Guitar World, o guitarrista do Toto contou como o colega de Van Halen era insatisfeito com a abordagem do shredding ser diretamente relacionada a ele. Chegava a ser irônico, na opinião de Lukather.

- Advertisement -

“Só estávamos tentando fazer bons discos. Mas então veio Eddie Van Halen e tudo mudou. Me lembro dele me dizendo uma vez: ‘cara, eu não queria ter começado toda essa loucura’. Mas ele realmente mudou tudo. Isso sempre me fez rir, porque Eddie foi o pai do shred.”

De forma geral, Steve não parece ser um grande admirador do shredding. Para ele, a velocidade extrema é um problema da nova geração de guitarristas.

“Todo mundo parece disputar quem toca mais rápido. Pessoalmente, eu discordo de todo esse conceito. Mas reconheço que há muitos jovens incríveis por aí, homens e mulheres.”

Steve Lukather e as mulheres na guitarra

Especificamente sobre elas, o guitarrista do Toto reconhece que há nomes interessantes e que estão finalmente ganhando o devido reconhecimento.

“Alguns dos melhores guitarristas do mundo hoje são mulheres. E eu acho isso ótimo porque quando comecei não havia muitas. Portanto, embora eu odeie diferenciar homens e mulheres, é preciso reconhecer a realidade. As coisas estão finalmente acontecendo para elas.”

O músico ainda comentou sobre as diferenças entre homens e mulheres na guitarra, que são inexistentes.

Leia também:  O lado do Led Zeppelin que Bruce Dickinson não gostava

“A mentalidade das pessoas mudou. Tudo começa aí. Não importa o sexo, um grande músico é um grande músico. Vá em frente e teste alguém com os olhos vendados, sem saber o gênero e veja o que acontece. Se for ótimo, dirão: ‘Uau, isso foi incrível. Quem é?’ Não vão saber se é um homem ou uma mulher e não serão capazes de dizer: ‘Oh, bem, isso foi muito bom para uma garota’ ou qualquer besteira do tipo. Eu nunca diria isso e sei que não é politicamente correto, mas algumas pessoas ainda pensam assim. Mas eu não. Sou um hippie velho e amante da paz dos anos 60 (risos).”

Sobre Eddie Van Halen

Nascido em 26 de janeiro de 1955, em Amsterdã, nos Países Baixos, Eddie Van Halen veio de família musical, visto que seu pai tocava piano, clarinete e saxofone. Mudou-se para os Estados Unidos em 1962.

Na década seguinte, formou com seu irmão, o baterista Alex Van Halen, a banda que carregava o sobrenome de ambos. A formação clássica também incluía David Lee Roth nos vocais e Michael Anthony no baixo.

Leia também:  Jake E. Lee disse a Bruce Dickinson que “esgrima é meio gay” e quase se encrencou

Eddie chamou a atenção com seu estilo de guitarra inovador, introduzindo novas formas não apenas de tocar, como também de configurar e utilizar equipamentos. Além de grande curioso pela parte eletrônica, era também pianista, o que influenciou sua abordagem no instrumento.

Em 1978, o Van Halen assinou um contrato de gravação com a Warner e lançou seu álbum de estreia homônimo, que não demorou a se tornar um sucesso. A partir daí, uma trajetória de sucesso foi consolidada, seja com Roth ou com seu substituto nos vocais, Sammy Hagar.

Além de seu trabalho com o grupo que carrega seu sobrenome, Eddie Van Halen colaborou com outros artistas renomados, como Michael Jackson, Brian May (projeto Star Fleet), Gene Simmons (Kiss), Black Sabbath, Roger Waters, entre outros.

Faleceu em 6 de outubro de 2020, aos 65 anos, após uma longa batalha contra o câncer. Em seus últimos anos, apesar da reclusão e ausência dos palcos, planejou fazer uma turnê final com todos os músicos que haviam passado pelo Van Halen.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesEddie Van Halen não queria ter iniciado cultura dos shredders, diz Steve...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades