John Sykes não voltará ao mundo da música, diz guitarrista do Tygers of Pan Tang

Companheiro do astro no início dos anos 1980, Robb Weir diz que o colega entende já ter feito tudo que desejava

O sumiço de John Sykes é um dos grandes mistérios da história recente da indústria musical. Após ter feito enorme sucesso nos anos 1980, tendo tocado com algumas das principais atrações da época, o guitarrista desapareceu do mapa há tempos. E parece que a situação não será alterada de forma definitiva.

­

- Advertisement -

Quem afirma é Robb Weir, guitarrista do Tygers of Pan Tang, banda com a qual o astro despontou no início da década já mencionada. Em entrevista ao BraveWords, o músico revelou que nem mesmo o álbum solo do amigo, prometido há anos, deve ser lançado algum dia.

Questionado sobre se ainda mantém contato com o antigo colega, ele respondeu:

“Ele é uma pessoa reclusa. Bem, eu falo com ele, ele fala comigo. Tentei divulgar sua música e ajudá-lo, conseguir com que o último álbum – que nunca veremos agora – fosse lançado pela mesma gravadora em que estamos, mas sem sucesso.”

A seguir, Robb foi ainda mais definitivo sobre o futuro artístico de Sykes.

“Infelizmente, ele sente que fez o que precisava fazer musicalmente e não deseja realizar mais nada.”

“Acho que ele está aposentado”

A declaração corrobora com a do baterista Carmine Appice, colega de John no Blue Murder. Em janeiro do ano passado, ele disse ao Trunk Nation, conforme transcrição do Blabbermouth:

Leia também:  O apelido dado por fãs de Slipknot a integrante ainda misterioso

“Acho que ele está aposentado. Envio mensagens de texto para ele e não recebo nada de volta. Não sei. Talvez esteja chateado comigo por algum motivo. Converso com Tony Franklin e ele me conta que também não ouve mais nada dele.”

O baterista especula que John tenha ficado cansado dos negócios que envolvem a indústria musical.

“Tony disse que John simplesmente não gosta de como o business funciona atualmente. Ele prefere não fazer nada. Foi o que Tony me disse. Quando ensaiamos, há alguns anos, foi como mágica. Porém, simplesmente nada mais aconteceu. Foi simplesmente tremendo, nós três tocando juntos novamente. Muito entrosados. Decidíamos tocar ‘Valley Of The Kings’ e saía. Infelizmente, nosso tecladista Nik Green faleceu em 2016, mas poderíamos arranjar outra pessoa. Eu adoraria fazer alguns shows com Sykes e Tony como um trio com um tecladista. Costumávamos chamar essa formação de ‘o trio com profundidade’.”

Appice, então, foi questionado sobre quando esses ensaios teriam acontecido.

“Foi há quatro, talvez cinco anos atrás. Estávamos planejando fazer shows. Foi por isso que Sykes saiu do Thin Lizzy à época. Tínhamos negócios adiantados na Europa. Mas algo aconteceu entre ele e o empresário, não sei o que foi. Isso teria sido o começo de tudo. Sinto que o Blue Murder nunca foi concluído de maneira adequada. Foi uma grande banda. Infelizmente, quando saiu, por algum motivo não fez o que deveria. E então o grunge entrou e meio que matou toda a ideia. Que pena.”

Sobre John Sykes

Nascido em Reading, Inglaterra, John Sykes despontou na cena tocando com o Tygers Of Pan Tang, banda referencial da NWOBHM. Gravou os álbuns “Spellbound” (1981) e “Crazy Nights” (1982), além de ter participado de duas faixas em “The Cage” (1983).

Leia também:  Como os Beatles influenciaram o Green Day em “American Idiot”, segundo Billie Joe

A seguir, foi recrutado pelo Thin Lizzy, gravando o disco “Thunder and Lightning” (1983) e realizando a turnê de despedida da banda. Participou de algumas reuniões na virada do século com ex-membros, no formato de tributo oficial a Phil Lynott.

Em seguida, foi contratado por David Coverdale e se juntou ao Whitesnake. A parceria rendeu o momento de maior sucesso comercial na história da banda e muitas desavenças, fazendo com que a mágoa mútua perdure até os dias atuais.

Nas décadas recentes, tem se mantido com poucas atividades profissionais. Chegou a ser anunciado no embrião do que se tornaria o The Winery Dogs, mas não ficou no grupo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasJohn Sykes não voltará ao mundo da música, diz guitarrista do Tygers...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades