Morrissey ainda não devolveu cachê de shows cancelados no Brasil, dizem produtoras

Apresentações aconteceriam em setembro de 2023, mas acabaram adiadas para este mês de fevereiro e depois canceladas; segundo nota, cantor sofreu esgotamento físico

Neste mês de fevereiro, Morrissey viria ao Brasil para shows em São Paulo e Brasília, como parte de uma turnê celebrando seus 40 anos de carreira. Contudo, o eterno vocalista do The Smiths cancelou os compromissos e, segundo as produtoras nacionais, ainda não devolveu o cachê pago.

Inicialmente, as apresentações por aqui estavam marcadas para setembro do ano passado. Depois, por causa de um quadro de dengue, acabaram adiadas para este mês de fevereiro. Mas, de acordo com uma nota compartilhada no fim de janeiro, o cantor sofreu um “quadro de esgotamento físico pelo qual está recebendo atenção médica e foi orientado a repousar e permanecer em Zurique, na Suíça”. 

- Advertisement -

A Free Pass, responsável pela apresentação em São Paulo, já havia confirmado o reembolso para quem adquiriu os os ingressos. Nesta semana, a produtora pediu um prazo de até 90 dias para devolver o dinheiro ao público, pois o valor, como previsto em contrato, foi repassado quase integralmente para Morrissey – que ainda não o devolveu. 

A OnStage Agência, que estava cuidando do show em Brasília, também compartilhou uma declaração semelhante. Ambos os textos lamentam os cancelamentos e garantem a assistência aos fãs prejudicados.

Diz o comunicado na íntegra:

“A Free Pass Entretenimento, responsável pela organização do show do Morrissey em São Paulo e, em referência ao cancelamento da Turnê realizado pelo artista, vem a público, comunicar que, estamos trabalhando diligentemente para organizar os procedimentos necessários e solicitamos o prazo de até 90 dias para concluir o processo. 

Informamos ainda que, a empresa Ticket360, empresa atuante como parceira da Free Pass Entretenimento na venda de ingressos, por questões contratuais, já havia realizado o repasse quase integral dos fundos arrecadados com a venda de ingressos junto a Free Pass Entretenimento, fundos estes que foram pagos ao artista e que ainda não foram devolvidos.

Deste modo, a Free Pass Entretenimento, garante o compromisso existente em mais de 15 anos no exercício das atividades, realizadas com a qualidade e a confiança necessária, assegurando que todos os clientes impactados pelo cancelamento serão devidamente reembolsados.

Agradecemos sua compreensão e reiteramos nosso pedido de paciência neste período.

Lamentamos o cancelamento do evento e estamos à disposição para resolver qualquer eventual questão.

Para mais informações e acompanhamento do processo de reembolso, por favor, contate a Free Pass Entretenimento.”

Morrissey na América Latina

Fãs já estavam desconfiados do iminente cancelamento do giro pela América Latina – que também passaria pelo México, Peru, Colômbia, Chile e Argentina – antes mesmo do anúncio oficial. Primeiro, foi comunicado que o artista não realizaria dois shows em Anaheim e Inglewood, nos Estados Unidos, agendados para os dias 26 e 27 de janeiro. Os espaços que receberiam os eventos se limitaram a relatar “circunstâncias imprevistas”, garantindo que a devolução do dinheiro das entradas seria automática.

Leia também:  Axl Rose lança seu primeiro site oficial próprio

No caso da capital paulista, a apresentação da “40 Years of Morrissey Tour” aconteceria no dia 22 de fevereiro, no Espaço Unimed, enquanto, em Brasília, seria no Opera Hall, no dia 24. Esta seria a quinta passagem de Morrissey pelo Brasil. A última vez em que o artista esteve no país foi em 2018, enquanto ainda divulgava o álbum “Low in High School” (2017).

Morrissey e a batalha contra a gravadora

Atualmente, Morrissey está com dois trabalhos prontos para lançamento. Desde 2021 ele promete disponibilizar “Bonfire of Teenagers”, gravado no mesmo ano. O trabalho chegou a ganhar previsão para fevereiro de 2023, mas foi engavetado em definitivo pela Capitol Records.

Leia também:  Entre a luz e as trevas: a história de “Headless Cross”, do Black Sabbath

Com produção de Andrew Watt, o disco traz participações de membros do Red Hot Chili PeppersIggy Pop e outros. Uma das colaborações, de Miley Cyrus, foi retirada a pedido da própria.

Uma nota publicada no site do eterno frontman do The Smiths afirma que a Capitol quis sabotá-lo por ter se recusado a lançar o projeto ou a devolvê-lo. Ainda, destacou que o cantor nunca ganhou uma menção na lista de contratados da empresa.

Diante disso, em 2022 Morrissey gravou um novo álbum, chamado “Without Music the World Dies”. No momento, ele tenta assinar com outra gravadora para que o álbum seja lançado em breve.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasMorrissey ainda não devolveu cachê de shows cancelados no Brasil, dizem produtoras
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades