Por que Paul McCartney não tira fotos com fãs que o encontram na rua

"Se alguém me para na rua e pede uma foto do celular, eu digo: 'não, desculpe, não tiro fotos, espero que não se importe, mas converso com você'", diz o músico

Paul McCartney é um dos músicos mais conhecidos da história. Dessa forma, é inevitável que ele receba pedidos para tirar fotos quando encontra fãs na rua.

Em entrevista à GQ Magazine, no ano de 2020, o eterno Beatle revelou que costuma negar esses pedidos, embora não se recuse a dar atenção aos fãs. O músico também refletiu sobre como alguns aspectos da fama podem ser incômodos para um artista.

- Advertisement -

“Sou um dos que – choque, horror – não tiro fotos. Se alguém me para na rua e pede uma foto do celular, eu digo: ‘não, desculpe, não tiro fotos, espero que não se importe, mas converso com você’. Passo 5 minutos explicando por que não tiro fotos e o motivo é: sinto que não sou mais eu. Fico parecendo um macaco do sul da França, onde as pessoas ficam tirando foto com o macaco.”

Macca pontuou que é um sujeito bastante reservado em sua vida pessoal. Não à toa, ele não publica registros particulares em suas redes sociais – tudo o que está em suas páginas é divulgado por assessores.

Na ocasião, Paul se relembrou de quando a atriz Gwyneth Paltrow perguntou a ele se tinha uma página no Facebook.

“Eu disse que sim, mas que não olhava muito. Ela me olhou assustada e disse: ‘isso pode ser muito perigoso’. Eu falei: ‘suponho que sim, mas não me incomodo’. Prefiro ir para um canto e compor uma música.”

Leia também:  Como o Pink Floyd compôs o hit “Wish You Were Here”, segundo Roger Waters

Todos esses detalhes fazem com que a fama pareça algo diferente para Paul McCartney hoje em dia, em comparação ao que era nas décadas anteriores.

“Não estou tentando ter mais alcance na web do que Beyoncé ou Rihanna. Não quero ter que me envolver tanto com isso, como mostrar o restaurante onde estou, o que estou comendo. Por que eu iria mostrar isso para as pessoas? Sou o contrário: não quero que ninguém saiba, pois isso é privado.”

Paul McCartney e as diferenças da fama ao longo do tempo

Ainda durante o bate-papo, Paul McCartney comentou sobre as diferenças entre ser famoso no passado – como no auge dos Beatles, na década de 1960 – e nos dias de hoje.

“Nos anos 60, era totalmente diferente. Era novo, havia inocência, era empolgante. Sempre que te pediam um autógrafo, você dizia: ‘claro, deixa eu te dar dois!’. Você só queria fazer aquilo. A partir daí, você dá o autógrafo, mas as pessoas começam a te abordar quando você está em um jantar privado ou algo assim, daí você só pergunta: ‘dá para esperar até eu terminar de comer?’. Isso fez com que a fama deixasse de ser tão atrativa.”

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que Paul McCartney não tira fotos com fãs que o encontram...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades