“Pânico 7” perde seu diretor após saídas de Melissa Barrera e Jenna Ortega

Christopher Landon caracterizou a experiência como "um trabalho dos sonhos que se transformou em pesadelo"

Os produtores de “Pânico 7” já estavam sem protagonistas. Agora, estão sem diretor. Christopher Landon, até então encarregado de comandar o sétimo capítulo da série, anunciou sua saída do filme neste sábado (7), dizendo que seu trabalho dos sonhos se transformou num pesadelo. 

Ao longo de duas postagens no X/Twitter, Landon escreveu:

- Advertisement -

“Acho que agora é uma boa hora de anunciar que formalmente saí de ‘Pânico 7’ há algumas semanas. Isso irá decepcionar alguns e deleitar outros. Foi um trabalho dos sonhos que se transformou num pesadelo. E me coração se partiu por todos os envolvidos. Todo mundo. Mas é hora de seguir em frente. Tenho nada mais a dizer além de esperar que o legado de Wes [Craven, diretor dos quatro primeiros filmes da série] tenha sucesso em se erguer acima das sombras de um mundo dividido. O que ele e Kevin criaram é algo incrível e eu fui honrado de poder compartilhar de seu brilho pelo breve momento que pude.”

Landon foi anunciado como diretor de “Pânico 7” em agosto de 2023, cinco meses após o lançamento do sexto capítulo da franquia. Antes de assumir o posto, ele era visto como uma estrela em ascensão no horror graças aos filmes “A Morte Te Dá Parabéns” e “A Morte Te Dá Parabéns 2”.

Leia também:  Crítica: “Duna: Parte II” busca mais conexão dos espectadores com seu universo

Problemas em “Pânico 7”

O desenvolvimento de “Pânico 7” se tornou turbulento em outubro após Melissa Barrera, protagonista da série introduzida no quinto filme, ser demitida por fazer posts de apoio ao povo palestino. A produtora Spyglass Media Group classificou a ação como uma demonstração de antissemitismo. Em resposta, a atriz defendeu suas declarações e reafirmou a necessidade de um cessar-fogo na Faixa de Gaza.

Ao mesmo tempo que Barrera foi demitida, Jenna Ortega também deixou o elenco devido a conflitos de agenda com as gravações de “Wandinha”, série da Netflix. Os produtores desde então começaram um processo de mudar completamente os planos do sétimo filme.

Segundo a Variety, foram cogitados os retornos das estrelas originais da série, Neve Campbell e Courteney Cox, ou até mesmo o personagem vivido por Patrick Dempsey em “Pânico 3”. Entretanto, nenhum dos atores estava em negociações na época da reportagem.

Leia também:  Andreas Kisser está aberto a chamar ex-integrantes do Sepultura para show final

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotícias“Pânico 7” perde seu diretor após saídas de Melissa Barrera e Jenna...
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades