Por que 50 Cent odeia Amy Lee, segundo a própria

Rapper foi derrotado pelo Evanescence na categoria Revelação do Grammy 2004 e chegou a invadir o palco em protesto

A 46ª edição do Grammy, realizada em 2004, premiou o Evanescence na categoria Revelação. Os outros concorrentes eram o rapper 50 Cent, Fountains of Wayne, Heather Headley e Sean Paul. O primeiro citado não levou a derrota numa boa, chegando a invadir o palco durante o discurso de Amy Lee e seus companheiros de banda.

Durante entrevista ao Daily Beast, a vocalista recordou o momento e confessou que a mágoa persiste até os dias atuais. Até por isso, os sentimentos em relação à premiação permanecem confusos e misturados.

- Advertisement -

“50 Cent ainda me odeia. É apenas uma daquelas coisas… quero dizer, sinceramente, pensamos que ele iria ganhar também. Foi uma noite tão selvagem. As pessoas perguntam ‘Como foi ganhar um Grammy?’ e eu digo ‘Estressante!’ Quero dizer, é maravilhoso tê-lo agora, mas foi surreal… Só me lembro de ter pensado: ‘Acho que ninguém nesta sala sabe quem somos’.”

A caminhada de 50 Cent até o palco foi exibida, mesmo com a cerimônia tendo transmissão com 5 minutos de delay para possibilitar cortes de situações que possam gerar incômodo ao espectador. Perplexa, Lee apenas declarou: “Oh, o que eu fiz? Obrigada, 50”, enquanto o artista apenas sorriu.

Leia também:  Linkin Park anuncia música inédita com vocais de Chester Bennington

“Sabe quando você simplesmente fica em estado de choque? Ele não fez nada. Nem pegou o microfone. Não foi tão ruim.”

Questionada se o rapper alguma vez disse alguma coisa pessoalmente a ela após o fato, Amy respondeu:

“Não, ele nunca me disse nada, mas gosta de falar sobre mim e como foi roubado. Obrigada por dizer que eu parecia imperturbável, mas fiquei muito perturbada. Tudo ao meu redor estava um caos e eu reagi pensando ‘Vou ficar aqui e ver se isso é real mais tarde, se vou acordar ou não.’”

Amy Lee, Evanescence e “Fallen”

Um ano antes, o Evanescence havia disponibilizado seu álbum de estreia, “Fallen”. Recentemente, o trabalho recebeu a distinta premiação de disco de diamante pela RIAA (Recording Industry Association of America). O reconhecimento é destinado a lançamentos que ultrapassam 10 milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos.

Leia também:  Andreas Kisser diz que metal é um dos estilos com maior representatividade feminina

Liderado pelo single “Bring Me to Life”, que também apareceu na trilha sonora do filme “Daredevil” (“Demolidor – O Homem sem Medo” no Brasil), o play rendeu mais três singles de sucesso: “Going Under”, “My Immortal” e “Everybody’s Fool”.

Além de revelação, o grupo liderado por Amy Lee ainda ganhou o Grammy em “Melhor Performance de Hard Rock” pela citada “Bring Me to Life”. A canção venceu “Like a Stone” (Audioslave), “Straight Out of Line” (Godsmack), “Just Because” (Jane’s Addiction) e “Go With the Flow” (Queens of the Stone Age).

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que 50 Cent odeia Amy Lee, segundo a própria
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades