A primeira impressão de Scott Ian ao ouvir Metallica, ainda com Mustaine

Músicos do Anthrax receberam os colegas quando eles foram a Nova York, chegando a lhes presentear com uma geladeira e uma torradeira

A relação entre o Metallica e o Anthrax é a mais próxima de uma família dentro da dinâmica do Big Four. Quando James, Lars e companhia foram para Nova York, deixando a Califórnia para trás, foram os colegas de geração que os receberam.

De fato, eles estavam tão deslocados e sozinhos, que foram literalmente amparados, ganhando dos novos amigos uma geladeira e uma torradeira usadas para que tivessem o mínimo de condições, já que não havia muito mais a fazer para lhes assistir.

- Advertisement -

Durante sessão de perguntas e respostas na Steel City Con, transcrita pelo Killer Guitar Rigs, o guitarrista Scott Ian lembrou como foi a aproximação.

“Ensaiávamos no mesmo prédio, localizado no bairro Queens. Eles usavam um espaço no andar de cima ao nosso. Lembro-me da segunda noite depois que chegaram lá. Instalaram-se em sua sala de ensaio e se prepararam de maneira diferente de qualquer banda que eu já tinha visto.”

O que mais chamou a atenção foi a maneira como era disposta a estrutura.

“No nosso caso ou no de qualquer outra banda que havia visto até então, você montava uma backline, como se estivesse fazendo um show. Como se fosse o palco, o kit e os amplificadores na parede. Eles formavam um círculo com os amplificadores e ficavam dentro dele. Nunca havia visto algo assim. Sentamos no meio, eu, Dan (Lilker, ex-baixista do Anthrax e S.O.D., líder do Nuclear Assault e Brutal Truth) e acho que Charlie (Benante, baterista) também estava.”

À época, o Metallica ainda contava com Dave Mustaine na guitarra solo.

“Foi quando Mustaine ainda estava na banda e eles tocaram o material que estaria em ‘Kill ‘Em All’. A energia era simplesmente insana, nunca tinha ouvido músicas assim e uma banda tão unida. Cliff (Burton, baixista) batia cabeça como se estivesse tocando para 10 mil pessoas em uma arena. Fazia uma performance enquanto nós três estávamos sentados no chão bebendo cerveja.”

Metallica e Anthrax

Posteriormente, Metallica e Anthrax excursionariam juntos em várias ocasiões. Incluindo a turnê europeia de 1986, que teria um desfecho trágico com o acidente que matou Cliff Burton na Suécia. A amizade persiste.

Leia também:  Mustaine diz que Teemu Mäntysaari o fez sentir o mesmo que Ozzy com Randy Rhoads

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA primeira impressão de Scott Ian ao ouvir Metallica, ainda com Mustaine
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades