Vocalista do Falling in Reverse critica plateia “entediante” de show e fãs rebatem

Ronnie Radke descreveu o público do festival Rock Fest como "chato" e argumentou que bandas têm o direito de reclamar em situações como essa

Ronnie Radke é conhecido pela personalidade não muito fácil. O vocalista do Falling in Reverse frisou anteriormente que não tem medo de falar tudo o que pensa – motivo responsável por render polêmicas com Sebastian Bach, Oliver Sykes (Bring Me the Horizon) e até com os próprios fãs. 

Na última sexta-feira (14), o Falling in Reverse se apresentou no festival Rock Fest (que contou também com o Slipknot e Ice Nine Kills no lineup), em Cadott, Wisconsin, nos Estados Unidos. Durante o set mais compacto de nove músicas, Radke não ficou satisfeito com a reação do público perante a performance. Posteriormente, resolveu expressar tal frustração no seguinte tweet:

“Os fãs sempre podem criticar as bandas, sua música e performances. Está na hora das bandas criticarem as plateias também. O público de Cadott foi entediante pra caramba. Pessoal que tem banda, quais são as cidades que vocês odeiam tocar por saberem que a plateia é chata?”

- Advertisement -

Os admiradores presentes no show não gostaram da declaração e confrontaram o artista. Um perfil escreveu:

“Você chamou o público de ‘preguiçosos de merda ‘e depois cantou a música ‘All Star’ do Smash Mouth. Baixa a bola. Não tenho dúvidas do porquê o público não gostou de você.” 

Em resposta, Radke defendeu-se de forma irônica, citando as tradicionais coalhadas de Wisconsin:

“Eu faço isso em todos os shows, faz parte. Cadott devia ter coalhada demais ontem à noite, vou voltar para minha turnê em arenas sem coalhada e pilhas de feno.”

Já outro usuário afirmou:

“Estávamos parados na tempestade, tinha uma grande plateia esperando por você. Talvez você precise melhorar a sua postura e aprender a fazer um show em vez de agir como uma diva. Muito patético! Saia desse ramo se você não consegue lidar com o público e animá-lo.”

Desta vez, o vocalista, para provar o seu ponto, replicou citando a performance do Slipknot:

“Não, a plateia estava horrível. Até no show do Slipknot. Apenas admita.”

Leia também:  Compositor de Martinho da Vila processa Adele por plágio e pede R$ 1 milhão

Por fim, em outra postagem sarcástica no Twitter, o cantor implicitamente colocou parte da culpa na organização do evento e nas condições oferecidas nos bastidores, dizendo: 

“Vou postar um vídeo de desculpas no YouTube para as bandas que precisam tocar em festivais que servem frango cru como comida e que os fazem dividir um banheiro químico com a plateia depois do promotor ganhar US$ 1,3 milhão.”

Myles Clayborne, baterista da banda SAUL (uma das atrações do Rock Fest), desmentiu Ronnie na seção de comentários:

“Cara, havia banheiros privados, chuveiros (ambos com ar-condicionado), peixe fresco, vários outros alimentos e bebidas alcoólicas de cortesia para todas as bandas atrás do palco principal. Ou você está reclamando de um festival diferente agora?”

Ronnie Radke se explica

Diante de toda a repercussão, Ronnie Radke gravou um vídeo para o TikTok abordando a situação no Rock Fest. Ao longo do registro, ele reforçou o argumento do tweet inicial, de que os artistas têm o direito de reclamar sobre plateias que não os agradaram – e criticou, mais uma vez, a organização: 

“Artistas passam meses, anos, fazendo um álbum e quando lançam, os fãs que estavam animados antes dizem do nada: ‘ficou horrível’. E então um cara como eu finalmente diz: ‘Sabe o que eu acho? Viemos de longe até aqui e essa plateia foi entediante’. E as pessoas falaram em resposta:‘ah, meu Deus, como você pôde dizer isso’. Bom, eu disse isso porque não tenho medo de falar. Todos os artistas que vocês já gostaram, que vocês já viram, falaram mal de vocês nos bastidores se sua cidade foi entediante. Eles não falam diretamente para vocês porque querem que vocês comprem o merchandise e querem voltar para que vocês os respeitem. Não foi só culpa de vocês em Cadott. Foi também da organização, das condições nos bastidores, a comida… não foi uma boa experiência. Eu disse a verdade e não vou me desculpar por isso. Mas eu reconheço o esforço dos fãs, vi vários cantando na parte de trás. O problema foi a disposição dos assentos feita pela organização.”

https://www.tiktok.com/@ronnieradke/video/7256805229054905646

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasVocalista do Falling in Reverse critica plateia “entediante” de show e fãs...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades