O pedido feito por Michael Keaton para voltar como Batman em “The Flash”

Exigência feita pelo ator foi de encontro com algo que o diretor do filme já queria mudar

Uma das grandes atrações de “The Flash”, o filme solo do herói da DC que está em cartaz nos cinemas, foi o retorno de Michael Keaton como Batman. O diretor Andy Muschietti revelou qual foi o pedido feito pelo ator para voltar a viver um de seus personagens mais famosos.

Em conversa com Raquel Carneiro, da Veja, Muschietti foi justamente questionado se Keaton fez alguma exigência para retornar. O diretor ficou em silêncio. A repórter, então, perguntou se seria por conta do figurino – e acertou em cheio.

- Advertisement -

O cineasta afirmou que ele próprio também desejava fazer algumas alterações no traje desta versão do herói.

“Pois é, ele queria um figurino melhor. Quando conversamos sobre o uniforme, ele disse que, na verdade, a roupa do passado não era tão desconfortável assim. O problema é que ele não conseguia mexer o pescoço. Quando começamos a conversar sobre o figurino, eu disse que queria um Batman evoluído, já que faz anos desde que o vimos pela última vez, em ‘Batman: O Retorno’, de 92. Então conversamos sobre um novo traje, com a mesma estética que todos amam, claro, mas com melhorias e mais articulações.”

Durante a coletiva de imprensa do filme em Los Angeles, Muschietti já havia revelado que essa seria uma das mudanças para o retorno de Michael Keaton como Batman.

“Vocês conhecem a história. Ele dizia: ‘era impossível trabalhar com aquele traje antigo’. (Michael Keaton) estava muito frustrado por que ele não conseguiu mexer o pescoço e coisas do tipo. Era o design perfeito, mas é muito comuns nos filmes que o quanto melhor um uniforme pareça ser, mais desconfortável ele é.”

Sobre “The Flash”

Com estreia marcada nos cinemas brasileiros para 15 de junho, “The Flash” é descrito a partir da seguinte sinopse:

Mundos colidem em The Flash quando Barry usa seus superpoderes para viajar no tempo e mudar os eventos do passado. Mas quando tenta salvar sua família e acaba, sem querer, alterando o futuro, Barry fica preso em uma realidade na qual o General Zod está de volta, ameaçando colocar o mundo em risco, e não há super-heróis a quem recorrer. A não ser que que Barry consiga persuadir um Batman muito diferente a sair da aposentadoria e resgatar um kryptoniano preso… mesmo que não seja exatamente quem Batman está procurando. Para salvar o mundo em que está e retornar ao futuro que conhece, a única esperança de Barry é usar seus superpoderes para salvar sua vida. Mas, se afinal, precisar desistir dela, será seu sacrifício suficiente para reconfigurar o universo?

Dirigido por Andy Muschietti (os filmes “It”, “Mama”), o filme traz Ezra Miller reprisando seu papel como Barry Allen. Porém, é a primeira vez que o super-herói da DC surge como protagonista de um longa-metragem.

Leia também:  Filho de Chorão alega ter caído em golpe; guitarristas do Charlie Brown Jr rebatem

Michael Keaton retorna ao papel de Batman desde “Batman: O Retorno” (1992), assim como Ben Affleck, desde “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” (2016). A heroína Supergirl é interpretada pela primeira vez por Sasha Calle. O longa marca ainda a volta de Michael Shannon como o vilão General Zod desde “O Homem de Aço” (2013). Ron Livingston, Maribel Verdú, Kiersey Clemons e Antje Traue completam o elenco.

A produção é de Barbara Muschietti (os filmes “It”, “Mama”) e Michael Disco (“Rampage: Destruição Total”, “Terremoto: A Falha de San Andreas”). O roteiro é de Christina Hodson (“Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa”, “Bumblebee”), com argumento de John Francis Daley & Jonathan Goldstein (“Dungeons & Dragons: Honra Entre Rebeldes”, “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”) e Joby Harold (“Transformers: O Despertar das Feras”, “Army of the Dead: Invasão em Las Vegas”), baseado em personagens da DC. Os produtores executivos são Toby Emmerich, Walter Hamada, Galen Vaisman e Marianne Jenkins.

Leia também:  Jinjer anuncia 6 shows no Brasil com Heaven Shall Burn abrindo

Na equipe de produção criativa estão o diretor de fotografia Henry Braham (“Guardiões da Galáxia 3”, “O Esquadrão Suicida”); o designer de produção Paul Denham Austerberry (“It: Capítulo Dois”, “A Forma da Água”); os editores Jason Ballantine (os filmes “It”, “O Grande Gatsby”) e Paul Machliss (“Magnatas do Crime”, “Em Ritmo de Fuga”); a figurinista Alexandra Byrne (“Doutor Estranho”, “Guardiões da Galáxia”); e Benjamin Wallfisch (“O Homem Invisível”, os filmes “It”) assina a trilha sonora.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasO pedido feito por Michael Keaton para voltar como Batman em “The...
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades