Dave Mustaine reconhece ter sido injusto ao debochar de Kirk Hammett

Líder do Megadeth descreveu trabalho de seu substituto do Metallica como "sempre muito bom" e "constante"

Em 1983, Dave Mustaine foi demitido do Metallica. Não é segredo que o músico, posteriormente responsável por criar o Megadeth, guarda mágoas em relação à sua saída do grupo – ocasionada principalmente pelo abuso de álcool – e aos antigos companheiros. Apesar disso, hoje em dia reconhece certos erros próprios.

Conversando com a revista Guitar World, Mustaine opinou sobre o seu substituto na banda, Kirk Hammett. Recentemente, o atual guitarrista do Metallica sofreu uma série de críticas pelos solos classificados como pouco criativos e repetitivos no disco “72 Seasons”, lançado no último mês de abril.

- Advertisement -

Dave não tem um argumento formado a respeito, já que não ouviu o álbum. Mas, de forma geral, considera o trabalho de Hammett bem feito e constante:

“Quanto aos seus novos solos no novo álbum do Metallica, eu não os ouvi, então não posso comentar. Mas vou dizer que acho triste o quão rápido as pessoas ficam contra as outras. No passado, Kirk ganhou todos os concursos de guitarra do mundo e não acho que ele tenha melhorado ou piorado como músico. Ele sempre foi muito bom. Kirk tocava bem quando estava no Exodus. E ele tem sido constante o tempo todo em que esteve no Metallica.”

Ele admite que, por muito tempo, pegou no pé do outro artista sem motivos. O vocalista e guitarrista do Megadeth vê, atualmente, como louvável a postura de Kirk com os seus solos – tentando mantê-los intactos ao tocá-los.

“Eu sempre tirei sarro de Kirk. E injustamente, pois ele nunca fez nada comigo. Sempre que eu me sentia perseguido ou desprezado por James ou Lars, era muito fácil escolher Kirk para implicar. Mas a verdade é que Kirk me honrou ao tentar tocar meus solos nas primeiras músicas do jeito que ele fez. Acho que algumas pessoas feito do jeito delas. Então, achei honroso que Kirk pegou meus solos e fez o possível para tocá-los como eu fiz.”

Kirk Hammett e Dave Mustaine

Segundo Kirk Hammet, sua relação com Dave Mustaine melhorou de fato em 2011, quando tocaram juntos em um show que celebrou os 30 anos do Metallica. Ao podcast “Let There Be Talk”, explicou:

“Quando trouxemos [o baixista original] Ron McGovney e Dave Mustaine para esses shows, algo aconteceu e melhorou muito nossa relação com aqueles caras – especialmente com Dave. Após esses shows, a atitude de Dave diante de nós mudou completamente. Ficou muito, muito melhor.

Lembro de chegar perto dele no show, ele destruindo em um solo enquanto eu tocava a base, foi um grande momento para nós dois. De repente, toda aquela energia ruim, toda aquela cisma, tudo aquilo não importava mais. Como resultado disso, seguimos amigos. A turnê do Big 4 foi ótima para estabelecer aquela parceria e mostrou a todos nós que somos pessoas que apenas amam esse tipo de som, têm paixão por tocá-la e levam essa paixão por todo lugar.”

Leia também:  Michael Anthony ainda conversa com David Lee Roth? Ele responde

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesDave Mustaine reconhece ter sido injusto ao debochar de Kirk Hammett
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades