Todas as polêmicas em que Ezra Miller se meteu até aqui

Intérprete do Flash nos cinemas envolveu seu nome em casos de agressão e até prisão

Quem acompanhou os noticiários de cinema e fofocas sobre celebridades viu o nome de Ezra Miller, intérprete do Flash nos filmes da DC, em inúmeras polêmicas recentemente. Em um intervalo de dois anos, a estrela se envolveu em casos de agressão, recebeu ordens da Justiça para ficar longe de pessoas e chegou até mesmo a ficar na prisão.

Todos esses problemas colocaram um ponto de interrogação em “The Flash”, o aguardado filme solo do velocista da DC. Ao menos, Miller parece ter deixado todos esses problemas para trás após ter revelado que decidiu procurar ajuda para o que estava passando.

- Advertisement -

A seguir, vamos te apresentar todas essas polêmicas em que Ezra Miller se meteu ao longo de sua vida. As informações são da Wikipédia, Farout e Vulture.

Ezra Miller é pego com maconha

Em junho de 2011, enquanto filmava “As Vantagens de Ser Invisível”, filme que ajudou a impulsionar sua carreira, Ezra Miller estava dentro de um carro na cidade de Pittsburgh quando o veículo foi parado pela polícia por estar com uma luz de freio quebrada.

Durante revista, a polícia encontrou em torno de 20 gramas de maconha com a estrela. No final das contas, um juiz declarou inocência com relação a tráfico de drogas, mas Miller teve de pagar uma multa de 600 dólares por conduta desordeira. Na época, assumiu que tinha o hábito de fumar maconha.

“Não acho que eu precise esconder o fato de que fumo maconha. É uma substância herbal inofensiva que melhora a apreciação sensorial.”

Estrangulamento na Islândia

Quase nove anos depois deste incidente, em abril de 2020, vazou na internet um vídeo no qual Ezra Miller estrangula uma mulher do lado de fora de um bar em Reykjavik, capital da Islândia, onde estava gravando um dos filmes da franquia “Animais Fantásticos”.

A Variety conversou com uma pessoa que presenciou o ocorrido e confirmou que a briga era pra valer e que precisaram retirar Miller do local por seguranças.

Dois anos depois, o mesmo veículo de comunicação conseguiu conversar com a mulher estrangulada. Ela afirmou que chamou Miller para brigar apenas de brincadeira, mas que uma amiga passou a fazer provocações, o que gerou irritação.

A informação foi confirmada por um representante da estrela em setembro de 2022. Segundo essa pessoa, Miller se irritou após um grupo de adolescentes ter o provocado por seus conhecimentos em artes marciais, o que desencadeou a briga.

Ameaças de morte a membros da Ku Klux Klan

Chegamos a 2022, ano em que Ezra Miller se envolveu em diversas polêmicas em um intervalo de poucos meses – ao ponto de colocar uma interrogação no lançamento de “The Flash”

A primeira delas veio já no mês de janeiro. Ezra usou sua conta no Instagram para divulgar um vídeo no qual sugeria a membros do grupo supremacista branco Ku Klux Klan que se matassem. Caso contrário, faria isso com as próprias mãos.

Na gravação, afirmou o seguinte:

“Vejam, se vocês querem morrer, sugiro que matem vocês mesmos com suas próprias armas, ok? Senão, continuem fazendo exatamente o que estão fazendo agora – vocês sabem do que estou falando – que, vocês sabem, vou fazer isso por vocês, se é isso que realmente querem. Falo com vocês em breve, até mais.”

Apesar do tom jocoso em alguns momentos da gravação, Miller deixou claro que não se tratava de uma piada e ainda pediu aos seguidores que compartilhassem o vídeo. Pouco tempo depois, a postagem foi deletada.

Prisões no Havaí

Em março de 2022, Ezra Miller acabou em detenção no Havaí por agredir fisicamente os donos de um bar karaokê após ter xingado clientes que estavam no local. Em sua defesa, disse que se irritou depois de uma provocação por um “nazi” e ainda acusou os policiais de terem cometido crime de ódio, já que não usaram pronome neutro (Ezra se identifica como uma pessoa não-binária) durante a abordagem.

Três semanas mais tarde, já em abril, Miller foi preso novamente no Havaí após ter jogado uma cadeira na direção de uma mulher com a qual havia marcado um encontro. No final das contas, teve de pagar uma multa de 500 dólares, novamente por conduta desordeira.

Distância de Tokata Iron Eyes

Leia também:  Como estouro do Raimundos viabilizou o Planet Hemp, segundo BNegão

Dois meses mais tarde, em junho, integrantes de uma tribo nativa dos Estados Unidos conseguiram uma medida protetiva temporária para que Ezra Miller ficasse longe da ativista Tokata Iron Eyes. Ambos fizeram amizade quando Miller tinha 23 anos e Tokata, apenas 12.

Os pais de Tokata alegaram que Miller teria usado violência, intimidação, ameaças, paranoias e drogas para manter a amizade e que a estrela de “The Flash” teria feito a jovem desistir de continuar com os estudos em 2021.

Uma pessoa que conviveu com Ezra em sua fazenda afirmou que a estrela via Tokata como uma “deusa” e ainda se considerava um “Messias” para os indígenas americanos. Além disso, também afirmava que ambos iriam começar, em parceria, uma “revolução indígena” nos Estados Unidos.

Assédio a uma mulher e sua filha

Também em junho, Ezra Miller também recebeu outra ordem da Justiça para não se aproximar de uma mulher e sua filha de 12 anos, que conheceu no mês de fevereiro. Ela afirmou que Miller, um dia, apareceu em sua casa com um colete a prova de balas e uma arma, além de ter tocado na cintura da garota de maneira inapropriada.

Ezra teria alegado que gostou da menina por ter a considerado, segundo suas palavras, um “ser místico poderoso”, além de ter se oferecido para começar uma empresa de roupas junto da garota e pagar seus custos na faculdade para cursar design.

A mãe da garota ainda afirmou que Miller, em outra ocasião, apareceu no local com roupas de cowboy e prometendo que compraria um cavalo para a criança.

Polêmica na fazenda e acusações de roubo e assédio

Agosto de 2022 foi um mês pra lá de turbulento na já complicada vida de Ezra Miller. O primeiro incidente ocorreu após a informação de que a estrela de “The Flash” estava abrigando em sua fazenda, que fica no estado americano de Vermont, uma mulher e seus três filhos, que conheceu no Havaí e queria protegê-los da família do pai.

No entanto, Miller foi acusado de ter deixado armas de fogo e munições espalhadas pela fazenda, que estavam em locais de fácil acesso para as crianças. Para a revista Rolling Stone, uma testemunha da relação afirmou que viu a estrela “soprando fumaça de maconha na cara de um bebê”.

A situação fez com que policiais e assistentes sociais fossem até a fazenda após descobrirem o que estava acontecendo. Miller afirmou que a família já não morava no local há meses, apesar de postagens em redes sociais mostrarem que a mãe e suas crianças estavam há até poucos dias no local.

Um dia após essa “visita”, Miller ainda foi acusado formalmente de roubo. No mês de maio, Miller invadiu uma casa que estava vazia e levou algumas bebidas alcoólicas do local.

Para fechar o mês com “chave de ouro”, Ezra ainda foi acusado por um antigo colaborador de ter assediado verbalmente Tokata Iron Eyes pelo simples fato de a ativista estar usando maquiagem.

Ezra Miller procura ajuda

Dias após esses incidentes, o The Hollywood Reporter divulgou que a Warner Bros. – que teve de adiar o lançamento de “The Flash” por conta dessas polêmicas – cogitava, em último caso, cancelar o filme se Ezra Miller não mudasse seu comportamento e procurasse ajuda. A partir daí, a estrela, enfim, percebeu que precisava botar um fim a esse período complicado de sua vida.

Em 16 de agosto de 2022, para a revista People, Miller afirmou que estava sofrendo com sérios problemas de saúde mental e que já havia iniciado o tratamento. Além disso, se desculpou por seu comportamento nos últimos meses.

“Passei recentemente por um período de intensa crise e agora, entendi que estou sofrendo com problemas complexos de saúde mental e comecei meu tratamento. Quero me desculpar a todos que ficaram alarmados e chateados com meu comportamento passado. Estou comprometido a fazer o trabalho necessário para voltar a um estágio saudável, seguro e produtivo da minha vida.”

De qualquer forma, Miller ainda está tendo de lidar com as consequências do seu comportamento: em janeiro de 2023, assumiu sua culpa pela invasão da casa ocorrida em maio de 2022. Isso livrou qualquer sentença de prisão, mas a estrela precisará cumprir um ano de liberdade condicional – ou seja: se cometer algum ato semelhante novamente, irá em cana.

O público, agora, apenas torce para que Ezra Miller tenha mesmo deixado todos esses problemas no passado e continue brilhando. Afinal, com as primeiras reações de “The Flash” sendo bem positivas, os fãs já querem que a estrela continue interpretando o velocista da DC nos cinemas por um bom tempo. 

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesTodas as polêmicas em que Ezra Miller se meteu até aqui
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades