Eric Clapton não gosta do Led Zeppelin? A opinião do guitarrista sobre a banda

Guitarrista que, assim como Jimmy Page, fez parte do The Yardbirds, considera a banda “muito barulhenta”

As histórias de Eric Clapton e Jimmy Page possuem um ponto em comum pelo fato de ambos terem sido guitarristas do The Yardbirds em momentos diferentes. Porém, apesar da proximidade geracional e musical, o bluesman nem sempre consegue compreender o hard rock do contemporâneo.

Em depoimento ao livro “Led Zeppelin: The Definitive Biography”, de 1993 (resgatado pelo Rock and Roll Garage), Clapton falou sobre suas impressões em relação a uma das maiores bandas de todos os tempos, o Led Zeppelin.

“Eles eram muito barulhentos. Desnecessariamente altos para mim. Eu realmente gostei de algumas coisas deles. Mas boa parte do que faziam era exagerada demais para o meu gosto. Enfatizavam demais qualquer ponto do que estivessem fazendo.”

- Advertisement -

Durante entrevista de 2012 à revista Uncut, Eric ressaltou acreditar que o Zeppelin preencheu o vazio deixado pelo Cream. Porém, não gostou do caminho pelo qual a proposta de seu antigo trio foi conduzida. E ainda citou outro exemplo.

“Havia uma banda chamada Blue Cheer, que eu acho que provavelmente foram os criadores do heavy metal. Porque eles realmente não tinham raízes tradicionais no blues. Eles não tinham uma missão. Era apenas sobre ser alto. O Cream também tocava muito alto. Tínhamos enormes bancadas de amplificadores Marshall só por diversão. Mas tínhamos uma base muito forte no blues e no jazz. O Led Zeppelin assumiu nosso legado. Mas então eles levaram para outro lugar pelo qual eu realmente não tinha muita admiração.”

Leia também:  A música mais metal do Van Halen, segundo Scott Ian

Em 1991, para o documentário “Strange Brew”, Clapton deu uma abordagem levemente diferenciada.

“Acho que o Cream foi uma das primeiras bandas de heavy metal, provavelmente, sem saber. Quando terminamos, o Led Zeppelin preencheu esse vazio. Eles se tornaram o primeiro tipo de banda oficial de heavy metal. Então talvez o Cream tenha sido o precursor disso.”

O The Yardbirds foi induzido ao Rock and Roll Hall of Fame em 1992. Eric Clapton não foi à cerimônia. Além de Jimmy Page, estiveram presentes Jeff Beck, Chris Dreja, Jim McCarthy e Paul Samwell-Smith, além da família do vocalista Keith Relf, falecido no ano de 1976.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesEric Clapton não gosta do Led Zeppelin? A opinião do guitarrista sobre...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

4 COMENTÁRIOS

    • NA MOSCA…chato pacaralho, muito superestimado…No Cream realmente ele era o cara…depois foi bundamolecendo até virar um velho racista e antivac

  1. Gosto muito do Clapton, seu estilo me inspirou muito voltar tocar guitarra, creio que a opinião dele foi tranquila, nada crítico, gosto cada um tem o seu.

  2. Estes comentários dele sobre o Led me parece dor de cotovelo…o Led foi muito, mas muito mais além do que ele em toca a carreira…ora, desde quando tocar alto é ruim no rock? Me mostra uma banda de rock, rock de verdade, que toca baixinho? O Led inovou, foi a banda mais influente após os Beatles e o Black Sabbath, tocaram vários estilos, reggae (D’yer M’aker), funk (The Crunge), psicodelia (No Quarter), folk (That’s the Way, Going to California, Tangerine), hard (Immigrant Song) e blues (Since I’ve Been Lovin’you)…e fizeram tudo em altíssimo nível técnico e criativo. Clapton não sabe de nada.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades