Glastonbury se explica após críticas por não ter headliners mulheres em 2023

Organização do evento alegou escassez de artistas femininas capazes de atrair grande público; Guns N' Roses e Arctic Monkeys foram anunciados ao lado de Elton John

Após o anúncio da primeira leva de atrações do Glastonbury Festival 2023, muitos comentários surgiram online em relação à ausência de mulheres na posição de headliners.

Arctic Monkeys e Guns N’ Roses são os primeiros nomes do cartaz, com Elton John vindo logo na sequência como uma espécie de convidado especial, já que está em sua turnê de despedida. Só então aparece a cantora Lizzo, que se apresentará antes da banda de Axl Rose, Slash e Duff McKagan.

- Advertisement -
https://www.instagram.com/p/CpUmulFoRxY/

Em comunicado assinado pela coorganizadora Emily Eavis, a organização se manifestou após a repercussão. A nota alega escassez de artistas femininas viáveis para as exigências.

Disse a filha de Michael Eavis, fundador do festival, ao The Guardian:

“Estamos tentando fazer o nosso melhor. Isso começa com as gravadoras e as rádios. Posso gritar o mais alto que quiser, mas precisamos ter todos a bordo.”

De acordo com Emily, o Guns N’ Roses foi contratado quando uma atração feminina anteriormente confirmada desistiu. As justificativas estariam ligadas à mudanças nos planos de turnê da artista.

Ela se recusou a citar nomes, mas os fãs especulam que seria Taylor Swift, prevista como atração principal do Glastonbury 2020, cancelado por conta da Covid. A edição deste ano tem agenda conflitante com a sua vindoura turnê norte-americana.

Leia também:  Festival da Kiss FM com Ultraje a Rigor também terá Raimundos

Compromisso com a diversidade

Emily Eavis ainda fez questão de exaltar Lizzo em sua declaração.

“Ela poderia ser a atração principal. Muitos dos artistas poderiam. Mas a vaga já havia sido prometida a outra pessoa.”

A empresária também destacou seu compromisso em equilibrar os shows, citando que 52% dos anunciados são identificados com o sexo masculino.

“Não se trata apenas de gênero, trata-se de todos os aspectos da diversidade. Provavelmente somos um dos únicos grandes programas realmente focados nisso.”

Sobre o Glastonbury

O comunicado emitido pelo Glastonbury elenca 54 atrações. Realizado desde 1970, o festival é um dos mais tradicionais da indústria. A edição 2023 acontece entre 21 e 25 de junho. Além da música, o evento reserva espaço para outras manifestações artísticas, incluindo teatro, circo e comédia.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasGlastonbury se explica após críticas por não ter headliners mulheres em 2023
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades