Atração do GRLS! 2023, Blu DeTiger brilhou no TikTok e atingiu público totalmente novo

Cantora e baixista ganhou fama fazendo vídeos com covers de músicas pop atuais e clássicos; agora, ela lança músicas próprias e vem ao Brasil

Antes da pandemia, Blu DeTiger estava em uma ascendente, abrindo turnês para artistas como Caroline Polacheck e Fletcher. Aí tudo fechou e ela se viu em uma posição onde não só sua carreira estava em pausa, como também precisava ocupar seu lado criativo.

Entra em cena o TikTok. A cantora e baixista, que é uma das atrações do dia 5 de março no Festival GRLS! 2023 – juntamente com Tinashé, Anavitória, Alcione, Manu Gavassi e outros – contou em entrevista exclusiva ao site como usou a rede social para se manter ocupada, gravando covers de músicas famosas e ganhando muitos fãs por isso:

“Tudo começou comigo precisando de uma pausa. Ok, eu não estou mais tocando ao vivo. O que posso fazer que ocuparia a mesma parte do meu cérebro e minha alma? Pensei: ao invés de me apresentar para pessoas, posso me apresentar para a câmera. E isso vai alcançar pessoas de uma maneira diferente, online. Uma vez que comecei a postar, isso não veio de uma estratégia de conseguir uma nova plateia. Sempre foi meio para mim mesma, para me manter ocupada e sentir que estava fazendo alguma coisa e praticando, ficando melhor no meu instrumento. Quando começou a fazer sucesso, virou outra coisa.”

Baixista treinada pela School of Rock e ex-aluna da NYU Tisch School of the Arts, Blu reconheceu o impacto que seus vídeos estavam tendo não só em fazer pessoas prestarem atenção nela como artista, mas também inspirando outros a aprenderem música. Ela disse:

“Agora eu estava inspirando pessoas a aprender esse instrumento, expondo pessoas a esse instrumento e o que ele consegue fazer. Tem esse fator educacional, tem tudo isso ali, e me deu muita alegria, ter essas pessoas assistindo e gerar isso.”

Blu DeTiger além do TikTok

O perfil destacado anteriormente rendeu a Blu DeTiger várias capas de revistas especializadas, a declarando o futuro do baixo. Ela ainda fechou uma parceria com a Fender, ajudando a gigante de instrumentos a lançar a linha Player Plus em setembro de 2021.

Leia também:  The Dandy Warhols anuncia show único no Brasil para junho

Mas o que faz o sucesso de Blu ser duradouro é o fato do talento dela ir além de covers. No EP “How Did We Get Here?”, de 2021, e nos singles lançados desde então, a cantora e baixista demonstrou um conhecimento apurado de estruturas pop, além do papel essencial do groove no apelo de uma música. Segundo ela, o processo começa aí:

“Para as músicas que eu lancei até agora, tudo começa no groove. De nem conseguir ir adiante do primeiro estágio de composição se o groove não estiver lá, sabe? Precisa estar acontecendo pra mim. Especialmente como uma baixista, é como eu escuto música, e como… quando estou escutando uma canção, é a primeira coisa que eu noto.”

O futuro álbum

Para seu disco de estreia, cujo lançamento está previsto ainda para 2023, Blu DeTiger admite estar variando um pouco sua abordagem.

“Tenho mudado um pouco as coisas para ver se desencadeia algo diferente. Fiz algumas canções onde eu componho a música com acordes e então coloco a banda, isso tem sido bem interessante em termos de experimentar.”

Quando perguntada se esse tipo de abordagem será o método predominante em seu álbum de estreia, Blu respondeu:

“Acho que é uma mistura, digo, acho que nesse processo do disco, de fazer tudo, eu acho que me tornei muito melhor em saber o que soa como eu e o que é minha vibe. Então acho que ainda gosto de experimentar, ainda sou uma artista tão jovem, acho que é importante fazer essas coisas, mas… o álbum é bem grooveado, com o baixo predominante e acho que deu pra arranjar uns timbres maneiros, interessantes. Ainda veremos, está sendo feito, mas estou empolgada. Acho que vocês vão gostar.”

Foto: Christina Bryson

Festival GRLS! 2023

O Festival GRLS! 2023 acontece no próximo sábado (4) e domingo (5), no Centro Esportivo Tietê, em São Paulo. Além dos shows, o evento promove debates direcionados ao público feminino. Ingressos estão à venda no site oficial. Confira abaixo os horários de cada atração do evento.

Leia também:  The Dandy Warhols anuncia show único no Brasil para junho

4 de março, sábado:

  • 11h00 | Abertura dos portões
  • 12h00 | Rachel Reis
  • 13h15 | Lexa
  • 14h35 | Margareth Menezes
  • 16h00 | Mariah Angeliq
  • 17h35 | DUDA BEAT
  • 19h10 | JoJo
  • 20h45 | Sandy

5 de março, domingo:

  • 11h00 | Abertura dos portões
  • 12h00 | DAY LIMNS
  • 13h15 | Majur
  • 14h35 | Manu Gavassi
  • 16h00 | Blue DeTiger
  • 17h35 | Alcione
  • 19h10 | ANAVITÓRIA
  • 20h45 | Tinashe

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioEntrevistasAtração do GRLS! 2023, Blu DeTiger brilhou no TikTok e atingiu público...
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades