A história que inspirará próximo filme de Batman e Robin

Enredo que servirá de referência explorou a complicada relação do herói com uma das versões do seu fiel escudeiro

Qualquer fã de filmes de super-heróis sabe que a DC passa por um momento em que está reorganizando a casa para fazer frente à rival Marvel. Um dos próximos filmes anunciados para esta nova fase da franquia cinematográfica é “The Brave and the Bold”, que será protagonizado pelo Batman e Robin.

James Gunn e Peter Safran, os novos responsáveis pelos filmes da DC, já revelaram que este novo título do herói para as telonas será baseado na HQ do Batman escrita por Grant Morrison há alguns anos.

- Advertisement -

Além disso, este longa deve ter um novo ator no papel do Batman, já que não se trata da mesma continuidade do recente “The Batman”, protagonizado por Robert Pattinson e dirigido por Matt Reeves.

A seguir, conheça um pouco mais dessa versão da história do Batman e Robin nos quadrinhos, além de uma explicação sobre o nome “The Brave and the Bold” e sua ligação com o herói. As informações são dos sites Den of Geek, Looper, Chippu, Collider e Fandom.

Sobre a HQ “The Brave and the Bold”

“The Brave and the Bold” pode servir de inspiração para o nome do novo filme do Batman, mas a verdade é que esta publicação da DC já contou com várias versões distintas com o passar do tempo.

A original teve 200 edições lançadas e foi publicada pela DC entre 1955 e 1983. Ela começou como uma série antológica que abordava história protagonizadas por personagens de eras antigas, como Robin Hood, por exemplo.

A partir da edição #25, a HQ foi relançada para ser uma espécie de “laboratório” de experimentação da DC. Foi justamente nesta ocasião que a editora apresentou aos fãs o Esquadrão Suicida.

Três edições mais tarde, foi a vez de introduzir a equipe de heróis mais conhecida da DC: a Liga da Justiça. Já na edição de número 50, surgiram os Novos Titãs, o renomado time de jovens heróis da editora.

A partir da edição #59, a DC optou por transformar o Batman na grande estrela de “The Brave and the Bold” – muito por conta da popularidade do show de TV estrelada por Adam West -, em que o Cavaleiro das Trevas juntava forças com algum outro herói. Assim a publicação permaneceu até ser encerrada em 1983.

Leia também:  Quando seguranças de Andy Taylor deram uma surra em Vince Neil

A segunda versão da HQ, lançada em 1991, se tratou de uma minissérie de 6 edições com a presença dos personagens Arqueiro Verde e Questão. Em 1999, a publicação foi novamente revivida da mesma forma, mas agora protagonizada pelo Flash e o Lanterna Verde.

Por fim, a terceira versão de “The Brave and the Bold” foi lançada em 2007 e foi encerrada em 2010. Aqui, a DC optou por parcerias aleatórias entre seus personagens ao invés de o Batman ser a grande estrela.

A história do Batman de Grant Morrison

Como dissemos anteriormente, por mais que o novo filme do Batman tenha o nome “The Brave and the Bold”, é importante ressaltar que a inspiração para seu enredo veio da própria HQ do personagem. No caso, a versão escrita por Grant Morrision, que foi lançada na segunda metade dos anos 2000.

O filme desta nova fase da DC deve abordar a relação de Batman com uma das versões do Robin: Damian Wayne, filho do herói, que é bem diferente do pai. O próprio James Gunn já confirmou a informação para o Den of Geek!

“Esta é a história de Damian Wayne, que é filho do Batman e não soube da existência dele em seus 10 primeiros anos de vida. Ele foi criado como um jovem assassino. Ele é um pequeno filho da p*ta. Ele é meu Robin favorito. É baseado na versão de Grant Morrison, que é uma das minhas favoritas do Batman. E vamos misturar tudo isso agora.”

De fato, Damian Wayne é tudo isso e mais um pouco que James Gunn afirmou. O motivo é que ele é filho do Batman com Talia al Ghul, filha de Ra’s al Ghul, famoso vilão do herói e o líder da famosa Liga de Assassinos.

Damian foi criado ao lado da mãe e do avô – sem que Bruce tivesse conhecimento de sua existência nos primeiros anos de sua vida. Por ter crescido dentro da organização criminosa – justamente para ser um herdeiro de Ra’s al Ghul -, o jovem tem uma personalidade explosiva, violenta e impiedosa.

Desta forma, quando ele se torna a nova versão do Robin, sua relação com o pai é bem complicada. Por exemplo, Damian acha a regra de Bruce de não matar seus inimigos uma verdadeira besteira.

Leia também:  Rock in Rio paga o dobro de cachê de outros festivais, diz curador do Lolla

Esta versão da história colocou o Batman em uma situação inédita, já que tinha de equilibrar o papel de ser o mentor de um jovem herói com o de pai que esteve ausente da vida do filho por vários anos.

Bat-família e vilões

Também podemos adiantar que para o novo filme do Cavaleiro das Trevas, devemos ver alguns integrantes da famosa Bat-família. O produtor Peter Safran já adiantou, para o Collider, que esse será um aspecto importante da história.

“Ele (o filme) terá os outros membros da grande Bat-família. Sentimos que eles ficaram de fora das demais histórias do Batman nos cinemas por muito tempo.”

Vale lembrar que antes de Damian Wayne se tornar o Robin, outros personagens já haviam assumido o manto do eterno escudeiro do Batman, como Dick Grayson – o Robin original, que se tornou o Asa Noturna -, Jason Todd – que foi morto pelo Coringa e depois, ressuscitou como Capuz Vermelho -, Tim Drake e Stephanie Brown.

Todos estes personagens, de uma forma ou de outra, participaram da versão de Grant Morrison. Na história, Dick Grayson até chegou a vestir o famoso capuz do Batman por um curto período de tempo antes de Bruce Wayne reassumir o papel do herói.

Já Tim Drake e Damian Wayne não se deram nada bem, ao ponto de os dois terem brigado dentro da Batcaverna.

Por fim, com relação aos vilões, sabemos que o Batman possui uma lista enorme de inimigos, mas se considerarmos a versão de Grant Morrison, não espere ver nomes famosos como o Coringa, Pinguim, Charada e a Mulher-Gato, por exemplo.

Na HQ, os grandes antagonistas foram personagem como o insano Professor Porko – também chamado de Professor Pyg, que fez sua estreia justamente nesta ocasião -, Mr. Toad e o excêntrico Flamingo.

Isso é tudo a respeito da história que irá servir de inspiração para esta nova versão do Batman nos cinemas. Agora, só nos resta aguardar os próximos passos para sabermos como será esta nova história do Cavaleiro das Trevas nas telonas.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA história que inspirará próximo filme de Batman e Robin
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades