Os favoritos para a vaga de baterista do Foo Fighters, segundo revista

Banda já tem uma série de shows marcados para 2023, incluindo uma apresentação no Brasil

No último dia de 2022 o Foo Fighters confirmou que prosseguiria com suas atividades após os tributos ao baterista Taylor Hawkins. Mais alguns dias se passaram e a banda postou as primeiras datas em festivais do verão americano. Logo a seguir, foi a vez de o Brasil ter uma apresentação anunciada, no festival paulistano The Town, dos mesmos organizadores do Rock in Rio.

Porém, uma pergunta segue sem resposta: quem empunhará as baquetas na nova fase do grupo? A revista Variety tentou apurar algumas informações. No final das contas, o longo artigo traz apenas especulações.

- Advertisement -

Os possíveis bateristas do Foo Fighters

Uma delas seria a possibilidade do próprio Dave Grohl ocupar o lugar que já foi seu no Nirvana, além de discos do início da carreira do Foo Fighters. A opção é descartada no mesmo parágrafo, tendo em conta a dificuldade de o músico acumular as funções de vocalista e frontman com a de baterista.

Leia também:  Filho de Bradley Nowell (Sublime) teve problemas com drogas aos 12 anos

A seguir, começam as análises baseadas nos participantes dos shows tributos. Omar Hakin, 63 anos, é um músico de vasta experiência no jazz e no rock. Porém, por ser de uma idade avançada em comparação aos membros da banda, além de possuir um background mais sofisticado, não deve ser o indicado.

As principais suspeitas recaem sobre dois nomes. O primeiro é Josh Freese, 50 anos completos no último natal. Atualmente tocando com o The Offspring, o músico já gravou e excursionou com nomes como The Vandals, Devo, A Perfect Circle, Guns N’ Roses, Nine Inch Nails e Suicidal Tendencies, entre vários outros.

A segunda possibilidade atravessa continentes e tem 31 anos de idade. Trata-se de Rufus Tiger Taylor, filho de outra lenda da bateria, Roger Taylor. Além de acompanhar o pai nas turnês do Queen + Adam Lambert, ele é membro do The Darkness desde 2015.

Leia também:  Ex-membros do Engenheiros do Hawaii, Augusto Licks e Carlos Maltz farão show juntos

Fontes consultadas pelo veículo foram evasivas, mas deixaram Freese como uma possibilidade a ser considerada. Porém, nada de oficial está decidido – ou ao menos anunciado.

O texto completo (em inglês) pode ser lido clicando aqui.

A morte de Taylor Hawkins

Taylor Hawkins morreu em 25 de março de 2022, aos 50 anos. O músico estava em turnê pela América do Sul com o Foo Fighters quando acabou falecendo em um quarto de hotel da cidade de Bogotá, na Colômbia. O show que ocorreria no Lollapalooza Brasil, na noite seguinte, acabou obviamente não acontecendo.

Exames iniciais realizados no corpo do músico encontraram a presença de 10 tipos de substâncias em sua corrente sanguínea, incluindo THC (maconha), antidepressivos, benzodiazepinas e opioides.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasOs favoritos para a vaga de baterista do Foo Fighters, segundo revista
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades