A opinião de Robert Plant sobre o grunge e o Nirvana

Músico via movimento como a versão americana do punk britânico: "garotos de saco cheio"

Quando o grunge surgiu, na primeira metade dos anos 1990, foi visto como uma resposta à aura de rockstars das gerações posteriores. Robert Plant entendeu a mensagem como uma reação semelhante à vista na Inglaterra duas décadas antes, como revelou em declaração ao documentário History of Rock N’ Roll, de 1995.

Conforme transcrito pelo Rock and Roll Garage, ele declarou.

“O movimento punk foi a última vez que algo realmente importante aconteceu no rock inglês a ponto de afetar o resto do mundo. Eram garotos de saco cheio com a sonoridade de bandas como Jethro Tull, Pink Floyd e Led Zeppelin. O objetivo era resgatar a música das ruas. O que aconteceu nos Estados Unidos a partir de 1991 foi a versão local disso.”

- Advertisement -

Robert Plant, Nirvana e grunge

Três anos mais tarde, foi a vez de a revista americana Ray Gun promover um encontro de Dave Grohl com Plant e seu colega Jimmy Page. Na ocasião, o agora líder do Foo Fighters perguntou o que os dois achavam de sua antiga banda, o Nirvana. Robert elaborou:

“Para mim parecia fazer bem mais sentido do que muitas coisas alternativas, os 99,9% de tudo que era apenas uma rebelião vazia sem nenhum compromisso real e sem consciência. Achei muito forte. A única coisa é que, com tudo o que é novo e reacionário, há um ar de perdição que o envolve, por excesso de um tipo ou de outro.”

Obviamente, o vocalista se referia aos vícios que acabaram vitimando Kurt Cobain em 1994, quando o líder do Nirvana tirou a própria vida.

Leia também:  A música de Syd Barrett recusada pelo Pink Floyd por ser “perturbadora”

“Meu coração sangrou quando soube, porque já passamos por isso. Perdemos Bonzo (John Bonham). Perdemos muitas pessoas ao nosso redor. Toda vez que há algo que é realmente prolífico, forte e cheio de intenção, você fica tão envolvido nisso que começa a se autodestruir.”

A trágica perda de Kurt Cobain

Dave Grohl, então, comentou a resposta dizendo que os membros do Nirvana nunca poderiam imaginar que algo como a trágica morte de Kurt Cobain pudesse acontecer. Robert Plant disse:

“Sim, mas estava fora de suas mãos. Aconteceu conosco. Não havia caminho mapeado para a estatura e toda a condição de sucesso que alcançamos. Até então, o rock ‘n’ roll como entretenimento havia chegado apenas a um certo limite, além do qual ninguém sabia. À medida que se expandia para nós, morríamos de medo. Não sabíamos o que estava acontecendo.”

Them Crooked Vultures

Os galhos das árvores genealógicas do Led Zeppelin e do Nirvana se entrelaçariam definitivamente em 2009, quando Dave se juntaria ao baixista John Paul Jones no Them Crooked Vultures. O vocalista e guitarrista Josh Homme (Queens of the Stone Age) completava a formação.

O grupo lançou apenas um álbum até o momento, naquele mesmo ano.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA opinião de Robert Plant sobre o grunge e o Nirvana
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

1 COMENTÁRIO

  1. As últimas décadas foram interessante em termos de tudo!!!! Filmes, séries tokusatsu, games e estilos músicas…entre elas o grunge!!!! Gostava muito daquele jeito de Kurt Cobain no ínicio, uma cara todo desajeitado e não ficava sempre preocupado com a afinação da guitarra em determinados momentos!!!! Pear jam meio que no ínicio era assim, tinha um som muito mais pesado e os caras não estavam nem aí para a aparência…isso era o legal de antigamente, guitarras com o som mais sujo, baixo com som bem alto e bateria quase no timbre do som de St. Anger do Metallica em alguns shows, gosto de ouvir a bateria de St. anger!!!! O grunge além de ter influência clara do Punk e algo do metal…tinha sim sua particularidade com o que acontecia em determinadas cidades dos EUA, lembro!!!! Era atitude, jeito de se vestir e a música em si…coisa muito comum em muitos estilos musicais e o Punk!!!! Bons tempos de antigamente, valeu!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades