Dave Mustaine elege os melhores solos que compôs para o Megadeth

Frontman deu preferência a músicas dos álbuns clássicos da banda, mas optou também por uma faixa mais recente

Em mensagem enviada a um fã chamado Nick via Cameo, Dave Mustaine respondeu quais seus solos de guitarra preferidos entre os que gravou no Megadeth.

A maior parte dos solos mencionados por Mustaine vem de álbuns clássicos da banda. Houve, porém, uma menção a uma faixa recente, do álbum “Dystopia” (2016). Conforme transcrito pelo Blabbermouth, ele declarou:

“É meio difícil dizer, há certos solos que foram gratificantes, mas não os tocamos ao vivo há muito tempo, esqueci muitos deles. São mais de duzentas músicas gravadas.

Das que tocamos ao vivo e estou realmente familiarizado, gosto de ‘The Threat is Real’. Eu amo ‘Holy Wars‘. ‘Wake Up Dead’ é ótimo de se tocar também, realmente gosto daquilo. Foi um dos meus primeiros grandes solos que despertou o interesse de todos no Megadeth. Esses e ‘In My Darkest Hour’ também.”

O músico ainda revelou que pretende ensinar alguns desses solos através da plataforma de mensagens.

“Estarei mostrando às pessoas aqui na Cameo como fazer esses solos – parte por parte, pouco a pouco, para que não seja muito para qualquer um. Eu realmente não sei dar aulas, então não será um formato estruturado ou algo parecido. Espero que, se eu fizer isso e você fizer comigo, possamos nos divertir juntos”.

“The Sick, The Dying… And The Dead”, novo álbum do Megadeth, deve sair ano que vem. O trabalho começou a ser desenvolvido ainda em 2019, mas teve de ser interrompido após Dave Mustaine ser diagnosticado com um câncer, já superado, e o baixista David Ellefson ser demitido após vazamentos de vídeos íntimos. Detalhes completos serão divulgados em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
9
Share