System of a Down adia shows após Serj Tankian testar positivo para Covid-19

“Não pretendo fazer muitos shows mais, então esses poucos significam muito para mim”, disse vocalista sobre apresentações postergadas

As apresentações que o System of a Down faria neste fim de semana, em Los Angeles, Estados Unidos, tiveram de ser adiadas. O motivo é um recente diagnóstico do vocalista Serj Tankian, que testou positivo para Covid-19.

Os shows seriam realizados no estádio Banc of California e contariam com abertura do Korn, Helmet e Russian Circles. Inicialmente o Faith No More também participaria, mas precisou se ausentar por conta de problemas de saúde do vocalista Mike Patton.

Em comunicado oficial, a banda declarou:

“Lamentamos desapontar nossos fãs incríveis com esta notícia de última hora, já que estávamos ansiosos para finalmente tocar para vocês. No entanto, a saúde de nossa banda, equipe, equipe do local e todos os nossos fãs é nossa prioridade.

Todos os ingressos serão honrados para as datas reprogramadas. A disponibilidade de reembolso será enviada a todos os compradores de ingressos por e-mail.”

O cantor também se desculpou com os fãs em outra nota.

“Depois de três concertos muito divertidos, voltei para casa com sintomas semelhantes aos de uma gripe. Fiquei chocado com o diagnóstico de Covid. Tomei duas doses da vacina e tenho me cuidado o tempo todo.

Lamento ter que adiar Los Angeles, especialmente por conta dos fãs que se planejaram e fizeram sacrifícios para poder comparecer. Não pretendo fazer muitos shows mais, então esses poucos significam muito para mim.”

As novas datas estão confirmadas para 4 e 5 de fevereiro do ano que vem. Os ingressos adquiridos seguirão valendo.

O System of a Down lançou duas músicas em 2020, após mais de uma década sem novidades. Apesar disso, a banda não tem previsão de gravar um disco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share