Foo Fighters toca com Paul McCartney na cerimônia do Rock and Roll Hall of Fame; veja vídeos

Tina Turner, The Go-Go’s, Jay-Z, Carole King e Todd Rundgren, além da banda de Dave Grohl, entraram para a classe 2021 da instituição

A cerimônia de indução da classe 2021 do Rock and Roll Hall of Fame ocorreu no último sábado (30), em Cleveland, nos Estados Unidos. Foo Fighters, Tina Turner, The Go-Go’s, Jay-Z, Carole King e Todd Rundgren foram os artistas introduzidos à instituição.

Houve, também, reconhecimento a Randy Rhoads, LL Cool J e Billy Preston na categoria Musical Excellend Award; Kraftwerk, Charley Patton e Gil Scott Heron no segmento Early Influence Award; e o fundador da gravadora Sussex Records, Clarence Avant, ao prêmio Ahmet Ertegun Award.

O HBO exibe os melhores momentos em 20 de novembro, na televisão e através do streaming HBO Max.

Foo Fighters, por Paul McCartney

Um dos grandes destaques da noite foi a entrada do Foo Fighters para o autointitulado hall da fama do rock and roll. A banda foi introduzida por ninguém menos que Paul McCartney, que fez um discurso emotivo para celebrar a obra de Dave Grohl e seus colegas – com quem já tocou inclusive em estúdio, na faixa “Sunday Rain”, lançada no álbum “Concrete and Gold” (2017).

Leia, na íntegra, o discurso de Paul McCartney para introduzir o Foo Fighters ao Rock and Roll Hall of Fame.

“Então eu, um adolescente em Liverpool, apenas um garoto comum indo para a escola como todo mundo. E então, um dia, ouvi um pouco de música e caí no rock ‘n’ roll. Apenas aconteceu um dia. De repente, o mundo mudou e eu simplesmente caí em um buraco no tempo. De repente, eu estava no rock ‘n’ roll. Ok, então, na mesma época de sua vida, Dave fez o mesmo tipo de coisa. Você sabe, ele é apenas um garoto comum e meio bobo… e a mesma coisa aconteceu. Ele cai no mesmo buraco e está no rock ‘n’ roll. E aquilo vai ser sua vida. Vai assumir tudo.

E nada mais foi o mesmo. É tão mágico. Todos que sabem, todos que estão ligados a ele, todos que amam o rock ‘n’ roll, é realmente uma coisa mágica que contém tantos elementos. Como todas as pessoas que ouvimos hoje à noite – quero dizer, é simplesmente inacreditável, certo? Então, me sinto superprivilegiado por estar aqui esta noite, introduzindo esses caras.

Quando isso aconteceu, e eu comecei a gostar do rock ‘n’ roll, me juntei a um grupo. E meu grupo eram os Beatles. Como eu disse, o mundo mudou. Dave fez algo semelhante. Ele se juntou a um grupo – Nirvana. Nós nos divertimos muito com nossos grupos, mas então uma tragédia aconteceu e meu grupo se separou. O mesmo aconteceu com Dave: seu grupo se separou em circunstâncias trágicas. E então a questão é: o que você faz agora? E nós dois fomos apresentados a essa pergunta. No meu caso, pensei: ‘bem, vou fazer um álbum onde toco todos os instrumentos sozinho’. Então eu fiz isso. O grupo de Dave se separou – o que ele faz? Ele faz um álbum onde toca todos os instrumentos sozinho. Você acha que esse cara está me perseguindo?

De qualquer forma, eu vou nomear meu novo grupo e chamá-los de Wings. Então, Dave tem o mesmo problema e precisa pensar em um nome para o grupo, então ele vem com Foo Fighters. Então, agora o grupo está formado e está pronto para decolar. São Dave, Taylor, Nate, Pat, Chris e Rami – todos os membros do Foo Fighters. Então, aqui estão eles esta noite. Eu estava apenas dizendo a eles no camarim: ‘é isso, você está aqui em Cleveland, e esta noite, você será introduzido no Rock and Roll Hall of Fame – quero dizer, não é qualquer Hall of Fame, é a p*rra do Rock and Roll Hall of Fame’.”

O discurso de Dave Grohl

Dave Grohl (voz e guitarra), Pat Smear (guitarra), Chris Shiflett (guitarra), Nate Mendel (baixo), Taylor Hawkins (bateria) e Rami Jaffee (teclados) fizeram seus discursos na ocasião. Confira, a seguir, a fala de Grohl.

“Em primeiro lugar, e aí, Ohio? Eu nasci aqui! Normalmente sou o cara que fala demais. Não preparei nenhum tipo de discurso porque achei que deveria encurtá-lo, já que nos últimos 25 anos eu estou tipo: ‘blá, blá, blá… rock ‘n’ roll… blá, blá, blá’. Então, eu gostaria de dizer que a melhor coisa de estar aqui esta noite é estar cercado por nossa família. E quando eu digo isso, quero dizer, se alguém sabe como o Foo Fighters funciona, as pessoas com quem estamos e com quem trabalhamos, já se passaram 20, 25, 30 anos e ficamos juntos como uma família.

E eu acho que isso é importante porque estamos fazendo isso juntos, não apenas porque é um trabalho, mas porque nos amamos. E então há uma seção inteira aqui de nossa família estendida pelos últimos 25, 30 anos que eu tenho que agradecer. Mas eu também tenho que agradecer à minha linda família, pois sem minha linda família, eu não seria tão feliz quanto sou, então, eu amo muito vocês e muito obrigado. E tenho que agradecer a essas pessoas (integrantes), porque não estaríamos aqui esta noite se não fosse por cada um desses Foo Fighters. E nós conseguimos.”

Foo Fighters, com Paul McCartney

Um breve show foi realizado pela banda na ocasião, tocando as músicas “Best of You”, “My Hero” e “Everlong”. Eles ainda fizeram um cover de “Get Back”, dos Beatles, junto de Paul McCartney. Veja vídeos abaixo.

“Everlong”

“Get Back”

Outras induções

Tina Turner, The Go-Go’s, Jay-Z, Carole King e Todd Rundgren também foram introduzidos ao Rock and Roll Hall of Fame.

Tina recebeu homenagens musicais de Christina Aguilera, Mickey Guyton, and H.E.R. e Keith Urban (este, substituindo de última hora Bryan Adams, diagnosticado com Covid-19). O discurso de indução foi feito por Angela Bassett.

Veja, a seguir, Christina Aguilera cantando “River Deep, Mountain High”.

O The Go-Go’s entrou para o Hall of Fame após um discurso de Drew Barrymore. Ao ter sua fala, a baixista Kathy Valentine pediu por mais mulheres na instituição. A banda tocou as músicas “Vacation”, “Our Lips are Sealed” e “We Got the Beat”.

Já a homenagem a Carole King foi protagonizada por Taylor Swift, que fez o discurso e performou “Will You Still Love Me Tomorrow?”. Jennifer Hudson também cantou uma música para em tributo à veterana: “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman”.

Assista abaixo ao vídeo da apresentação de Taylor Swift.

Todd Rundgren, por sua vez, chegou ao Rock and Roll Hall of Fame após um discurso de Patti Smith, velha amiga do artista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
42
Share