Freddie Mercury ainda estaria no Queen se estivesse vivo?

Brian May e Roger Taylor acreditam que sim; dúvida é John Deacon, que se aposentou da música após a morte do vocalista

É inevitável pensar em como estaria o Queen se Freddie Mercury não tivesse morrido em 1991.

A banda passou um bom tempo inativa após o falecimento do cantor, em decorrência de complicações causadas pelo vírus HIV. O projeto foi retomado com o lendário Paul Rodgers (Free, Bad Company) nos vocais, dando origem ao Queen + Paul Rodgers nos anos 2000.

- Advertisement -

Porém, foi com o jovem Adam Lambert que o Queen parece ter se encontrado melhor. O cantor se apresenta com o guitarrista Brian May e o baterista Roger Taylor, no Queen + Adam Lambert, desde 2011.

O baixista John Deacon, por sua vez, se retirou totalmente da vida pública após a morte do frontman. Aposentou-se e vive tranquilamente na Inglaterra.

Será que Freddie Mercury teria o mesmo destino de Deacon caso ainda estivesse entre nós? Ou continuaria a trabalhar com seus colegas de banda?

Freddie Mercury seguiria no Queen?

Não é segredo para ninguém que Freddie tinha projetos além do Queen. Grande apreciador de ópera e música erudita em geral, é bem provável que ele lançasse mais trabalhos solo, ou parcerias, como quando gravou com a soprano Motserrat Caballé.

Leia também:  David Ellefson alfineta Metallica e Megadeth ao elogiar Overkill

No entanto, para o guitarrista Brian May, o vocalista ainda estaria com o Queen, como disse em entrevista ao Greatest Hits Radio (transcrição do NME). Na ocasião, May também falou sobre a saudade do colega, cuja presença ele ainda sente em muitos momentos.

“Ele ainda estaria dizendo ‘oh, preciso fazer minhas coisas solo’, mas ele voltaria para a família, para fazer o que fazemos. O mais engraçado é que eu sinto cada vez mais que ele meio que está com a gente, de alguma forma, talvez eu esteja sendo um velho romântico, mas Freddie está no meu dia todos os dias.

Ele está sempre em meus pensamentos e eu sempre posso sentir o que ele diria em uma certa situação, ‘oh, o que Freddie pensaria? ‘ah, ele faria isso, ele riria daquilo’ ou qualquer coisa assim. Ele é grande parte do legado que criamos, isso sempre será assim.”

Com Freddie… mas sem John Deacon?

O baterista Roger Taylor também acredita que Freddie Mercury estaria com o Queen, até pela proximidade que tinha com o vocalista.

Leia também:  Por que Toto lançou tantas músicas com nomes de mulheres, segundo Steve Lukather

Sua única dúvida, curiosamente, seria com John Deacon, que possivelmente teria escolhido a aposentadoria em algum momento, de qualquer forma. Em entrevista à BBC Radio 6 Music, com transcrição da Classic Rock, Taylor comentou:

“Acredito que estaríamos fazendo música até hoje. Freddie e eu… ele era meu amigo mais próximo. Éramos muito, muito próximos. Creio que ainda estaríamos fazendo coisas juntos, pois era uma grande colaboração.

Não sei se John Deacon permitiria isso… claro, John não estava mentalmente adequado para isso. Os outros três estavam. Gosto de pensar que estaríamos fazendo coisas juntos, seja o que for.”

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesFreddie Mercury ainda estaria no Queen se estivesse vivo?
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades