Estudo revela quais as camisetas de bandas de rock mais usadas por aí

Os medalhões do rock estão entre os nomes mais ostentados em camisetas, mas para a maioria dos fãs, existem regras a serem seguidas

Camisetas de bandas de rock e metal são itens que representam muito da cultura desses estilos e seus diversos subgêneros. Não só nesse segmento específico: mesmo entre outros gêneros musicais, é difícil encontrar um amante de som que não tenha camisetas de bandas que gosta.

Mas quais grupos e artistas seriam os mais usados entre as peças de roupa do tipo? Finalmente, um estudo foi feito sobre esse tema e buscou responder à pergunta.

A pesquisa foi realizada nos Estados Unidos pelo site RushOrderTees, o que pode explicar alguns resultados meio diferentes do que se esperaria no Brasil. Ao todo, 1.017 pessoas que possuem camisetas de bandas e artistas – seja de rock ou de outros gêneros – foram entrevistadas e as perguntas renderam alguns dados bem interessantes, muitos inesperados.

As camisetas de bandas e artistas mais usadas pelos fãs americanos, segundo a pesquisa, são do AC/DC. Cerca de 21,4% dos entrevistados disse ter pelo menos uma peça de roupa do lendário grupo dos irmãos Young.

AC/DC, em 1980

Entre outros representantes do rock, nomes como Aerosmith (2º), Queen (3º), Pink Floyd (4º), Green Day (5º), Nirvana (12º) e Metallica (13º) aparecem bem colocados no ranking. A ausência do Iron Maiden chama atenção, pois as peças de roupa da icônica banda de heavy metal são praticamente onipresentes no Brasil, mas também é fato que o grupo não é tão popular nos Estados Unidos.

Aerosmith, atualmente

Embora o rock domine as primeiras posições do levantamento, artistas de outros estilos musicais também foram bem representados pela pesquisa.

Fora do gênero em questão, Bob Marley é um nome de destaque, com 14,5% dos entrevistados tendo uma camiseta dele. Prince (9º), Ariana Grande (10º), Eminem (11º), Jay-Z (16º), Adele (17º), Taylor Swift (18º), Justin Bieber (19º) e Michael Jackson (21º), entre outros, também aparecem no top 25.

Veja o resultado da pesquisa a seguir!

As camisetas de bandas e artistas mais usadas

  1. AC/DC – 21,4%
  2. Aerosmith – 18,1%
  3. Queen – 16,9%
  4. Pink Floyd – 15,7%
  5. Green Day – 14,5%
  6. Bob Marley – 14,5%
  7. Foo Fighters – 14%
  8. The Beatles – 13,8%
  9. Prince – 13,5%
  10. Ariana Grande – 13,5%
  11. Eminem – 13,3%
  12. Nirvana – 13,2%
  13. Metallica – 13,2%
  14. Rolling Stones – 12,9%
  15. Red Hot Chili Peppers – 12,9%
  16. Jay-Z – 12,7%
  17. Adele – 12,1%
  18. Taylor Swift – 10,9%
  19. Justin Bieber – 10,8%
  20. George Strait – 10,7%
  21. Michael Jackson – 10,5%
  22. Garth Brooks – 10,5
  23. Billy Joel – 10,2
  24. Bee Gees – 10,2
  25. Outros – 8,2

* A somatória de todas as porcentagens não chega a 100% porque, evidentemente, há fãs que têm camisetas de vários artistas e bandas.

Queen, em 1985 (foto: reprodução / Facebook)

O preço da brincadeira

O estudo também levantou outras informações curiosas a respeito do consumo de camisetas de bandas e artistas. Como esperado, os fãs de heavy metal, especificamente, estão entre os que possuem a maior quantidade de produtos do tipo: em média, um admirador do estilo tem 17 peças em casa.

Por incrível que pareça, o metal não é o estilo cujos fãs mais gastam com vestuário. O punk rock tem, em média, 15 camisetas por fã, mas o valor de cada peça costuma ser mais alto: é o gênero com as coleções mais caras, com uma média de 597 dólares investidos por pessoa nesse sentido.

O reggae e o R&B/soul music também tiveram destaque nesse quesito, com médias altas na quantidade de camisetas. Por outro lado, o reggae tenha uma média de gasto relativamente baixa, com 425 dólares por fã.

Na média geral, cada fã de música gasta cerca de 387 reais em camisetas, tendo em torno de 11 peças. O preço aceitável para cada uma fica na faixa dos 51 dólares – falando em itens originais, é claro.

As regras do jogo

Quem tem e usa camisetas de bandas e artistas, certamente, já se deparou em algum momento com um certo conjunto de “regras”. Nada oficial, claro, mas são situações que acabam sendo “cobradas” por quem ostenta a “peita”.

Uma das regras de ouro, aparentemente, é a de que a camiseta deve ser um produto oficial de merchandising do artista. A pesquisa confirma: 40,6% dos entrevistados acreditam fielmente nisso.

Ainda no segmento dessas “regras”, embora 43,3% prefira comprar a camiseta de uma banda antes do show, para usá-la na apresentação, 20,6% são contra usar a camiseta de um artista no show dele. Para 29% dos entrevistados, existe ainda o “sacrilégio máximo”: você não deve usar camisetas de bandas e artistas dos quais não gosta ou não conhece – saiba pelo menos 10 músicas, ou nada feito.

Curiosamente, 13,6% dos entrevistados afirmou não estar preocupado com nenhuma dessas regras, sendo “permitido” usar o que bem entender, como quiser, no momento em que achar melhor. Mais de 30% das pessoas entrevistadas também declarou que fez sua própria camiseta em vez de comprar uma – e em todos os casos, uma camiseta de banda dura, em média, 11 anos em condições de uso.

O estudo completo pode ser acessado através deste link (em inglês). Há mais detalhes e dados, como a proporção de idade, orientação sexual e informações dos entrevistados, bem como outros números obtidos.

Será que os resultados de um estudo desse tipo seriam parecidos no Brasil? Com base no que se observa nas ruas, qual será a banda ou artista com mais camisetas? E a questão de quantidade e valores? Existem regras para se usar uma camiseta de banda? Diga nos comentários!

1 comentário
  1. Aqui no Brasil com certeza o Iron Maiden ficaria entre os primeiros lugares, AC/DC também é bastante usada, Pink Floyd, Ramones, sem esquecermos das bandas de Rock Nacional. Acho que a quantidade seria em média de 6 camisas, os valores dependem da oferta de camisas no mercado, em alguns Estados essa oferta é maior que em outros, como SP por exemplo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
19
Share