Kevin Shirley foi ameaçado de morte por fãs do Iron Maiden ao substituir Martin Birch

Parceria do produtor com a banda começou em 2000 e dura até a fase atual

Kevin Shirley tem uma longa história de parceria com o Iron Maiden. O produtor comanda as gravações dos álbuns da banda desde “Brave New World” (2000) – participando, inclusive, do vindouro “Senjutsu”.

Mesmo sendo um grande profissional, Shirley não teve um começo fácil ao lado do Maiden. E não foi por culpa dos integrantes da banda.

Com os retornos do vocalista Bruce Dickinson e do guitarrista Adrian Smith à banda, em 1999, muitos fãs também queriam que Martin Birch voltasse para a produção – o que acabou não acontecendo, pois o veterano da produção, que trabalhou em todos os álbuns entre “Killers” (1981) e “Fear of the Dark” (1992), havia se aposentado.

Fãs de Iron Maiden ameaçaram Kevni Shirley

Em entrevista à Metal Hammer, Kevin Shirley revelou que chegou a sofrer ameaças de morte quando assumiu a produção de “Brave New World”, por parte de alguns fãs mais extremos que desejavam o retorno de Martin Birch.

“Bem, eu aprendi que você tem que ser bem casca grossa quando for lidar com alguns fãs do Maiden. Nos primeiros dias produzindo eles, recebi e-mails cheios de ofensas e até ameaças de morte porque eu não era Martin Birch, então você tem que deixar isso passar, como a água na cauda de um pato.”

O sonho dos fãs extremistas nunca vai se realizar, já que Birch faleceu em 2020. Shirley, por sua vez, está de volta em “Senjutsu”, seu 10º trabalho com o Iron Maiden, entre álbuns de estúdio e ao vivo.

Ele também produziu o disco “British Lion” (2012), de Steve Harris, e trabalhos de artistas como Rush, Dream Theater, Joe Bonamassa, HIM, Tyler Bryant and The Shakedown, Mr. Big, Europe e muitos outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
5
Share