Kiss tocará no Brasil em maio de 2020, diz jornalista

  • Leia mais sobre:
  • Kiss

O Kiss fará shows no Brasil em maio de 2020, em locais ainda a serem definidos. A informação é do jornalista José Norberto Flesch, do Destak Jornal.

A tour da banda pela América do Sul, que também incluirá o Chile, integra a “End Of The Road”, giro final de sua carreira que começou pela América do Norte e passará por outros continentes, como Europa, Oceania e Ásia, até o fim de 2019.

- Advertisement -

O argentino Christian Acosta, que costuma ser boa fonte sobre turnês na América do Sul, já havia adiantado, em publicação no Twitter, que o Kiss anunciaria shows no continente “em breve”.

A “End Of The Road” foi anunciada oficialmente pelo Kiss em setembro do ano passado, durante uma apresentação no talent show americano “America’s Got Talent”. “Essa será nossa última turnê. Será o maior e mais explosivo show que já fizemos. Pessoas que nos amam, venham nos ver. Se você nunca nos viu, essa é a hora. Será o show”, disse Paul Stanley, em comunicado à imprensa.

Leia também:  Sebastian Bach rebate fala de Rachel Bolan sobre autoria de 1º álbum do Skid Row

Não é o primeiro “adeus”

Curiosamente, a “End Of The Road” não é a primeira turnê de despedida do Kiss. Em 2000, após duas turnês com a reunida formação original – composta por Paul Stanley, Gene Simmons, Ace Frehley e Peter Criss -, a banda anunciou que encerraria suas atividades, mas, antes, realizariam a “Farewell Tour”. A excursão rodou pela América do Norte em 2000.

O contrato do baterista Peter Criss se encerrava após o último show de 2000, mas foram marcadas datas em 2001, na Ásia e na Austrália. Não foi possível renovar com Criss, então, Eric Singer assumiu o posto para essas datas específicas.

Em 2002, já sem Ace Frehley, mas com Peter Criss de volta, a banda anunciou que não se aposentaria. No ano seguinte, foi realizada a “World Domination Tour”, com o guitarrista Tommy Thayer no posto de Frehley.

Leia também:  Em turnê de despedida, Eagles deve suceder U2 com temporada em Las Vegas

O contrato de Peter Criss, novamente, não foi renovado e ele deixou o Kiss. Em 2004, o grupo voltou com Eric Singer, além de Tommy Thayer. Em entrevistas, os líderes e remanescentes, Paul Stanley e Gene Simmons, explicaram que não queriam encerrar a banda, apenas se “livrarem” de Ace Frehley e Criss.

ESCOLHAS DO EDITOR
  • Leia mais sobre:
  • Kiss
InícioNotíciasKiss tocará no Brasil em maio de 2020, diz jornalista
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades