Steven Adler diz que ver Frank Ferrer tocar suas músicas partiu seu coração

Em uma recente entrevista para o programa de rádio de Eddie Trunk, o baterista Steven Adler disse que ver Frank Ferrer tocar as músicas dos primeiros discos do Guns N’ Roses “partiu” o seu coração.

Adler começou a entrevista falando sobre o quão mágica foi a semi-reunião da formação clássica do Guns N’ Roses. Em tais ocasiões, só faltou a presença de Izzy Stradlin para fechar o quinteto que gravou “Appetite For Destruction” e “Lies”.

- Advertisement -

Depois, Adler disse: “Foi difícil, porque eles me queriam para tocar uma ou duas músicas, e eu estava do lado do palco vendo Frank, que é um cara incrível e um ótimo baterista, tocar minhas músicas enquanto estou lá. Eu pensava, ‘Cara, por que você não me deixa tocar? Estou aqui, me deixe tocar'”.

Ele também falou da “magra” função que teve em casa ocasião. “Foi muito difícil. Na América do Sul, viajei 24 mil quilômetros para tocar uma música em cada noite. Foi muito para mim”, afirmou.

– Veja também: Steven Adler teria exagerado sobre presença na reunião do Guns N’ Roses

Leia também:  Justiça nega pedido do Kiss para arquivar processo por morte de técnico de guitarra

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasSteven Adler diz que ver Frank Ferrer tocar suas músicas partiu seu...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades