Rod Stewart é vaiado ao saudar presidente da Ucrânia em show na Alemanha

Durante apresentação na cidade de Lípsia, cantor mostrou imagem de Volodymyr Zelensky nos telões, junto da bandeira ucraniana

Rod Stewart levou a turnê “One Last Time” para a Alemanha recentemente. Enquanto cantava na Quarterback Immobilien Arena, na cidade de Lípsia, na última sexta-feira (14), o cantor acabou vaiado pelo público ao saudar o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky

O momento aconteceu durante a execução da faixa “Rhythm of My Heart”, eternizada em sua voz e originalmente de Marc Jordan (via NME). Durante a música, tanto a bandeira ucraniana quanto uma imagem do político foram projetadas nos telões – ocasionando uma reação negativa na plateia. 

- Advertisement -

Confira abaixo um vídeo do momento.

Desde 2022, Rod vem homenageando o povo ucraniano na canção, também usando um terno com as cores da bandeira local e mostrando registros do conflito do país com a Rússia. Em comunicado emitido à imprensa, o cantor deixou claro que não irá parar de demonstrar apoio à causa:

“Apoiei o povo ucraniano durante toda a guerra. Desde conseguir membros da minha família para levar suprimentos para o país, até alugar uma casa no Reino Unido para uma família ucraniana, bem como empregar dois ucranianos como parte da minha equipe de turnê. Então, sim, eu apoio Zelensky e o povo da Ucrânia, e continuarei a fazer isso.” 

Por fim, completou:

Vladimir Putin, presidente da Rússia, deve ser detido. Estou vivendo um dos melhores momentos da minha vida tocando para o público alemão, compartilhando algumas memórias especiais, e estou ansioso para as datas restantes por aqui.”

Lípsia é a cidade mais populosa da Saxônia. De acordo com a BBC, o estado ficou conhecido por “abraçar o nacionalismo”, elegendo em dezembro, na cidade de Pirna, um prefeito do partido de extrema direita Alternative for Germany (AfD).

Leia também:  Venom anuncia dois shows no Brasil para novembro e dezembro

Rod Stewart e a Ucrânia

Rod Stewart tem ajudado refugiados ucranianos desde que a Rússia invadiu o país, em fevereiro de 2022. O cantor não só forneceu alimentos e produtos básicos para essas pessoas, como também revelou no ano passado que estava pagando as despesas de uma família inteira.

Em maio de 2023, ele concedeu uma entrevista ao Las Vegas Review-Journal, na qual detalhou tais esforços humanitários. Junto dos sobrinhos, como explicou, enviou primeiramente água, comida e itens de higiene para os afetados.

“Quando a guerra estourou, eu e meus dois sobrinhos pegamos quatro caminhões e enchemos com papel higiênico, toalhas, água, comida, todas as coisas básicas. Eles dirigiram de onde eu moro na Inglaterra até a fronteira e deixaram lá todas as coisas. Depois, trouxeram cerca de mil refugiados da fronteira para Berlim.”

Stewart então comentou que, ao envolver-se a fundo com a questão, decidiu abrigar uma família perto de sua propriedade e sustentá-la. Por fim, traçou um paralelo entre o bombardeio de Vladimir Putin, presidente da Rússia, na Ucrânia e a invasão da Polônia por Adolf Hitler em 1939, responsável por ocasionar a Segunda Guerra Mundial.

“Aluguei uma casa perto de onde eu moro e tem uma família inteira morando lá. Eu pago as despesas deles. Só estou esperando a ofensiva ucraniana parar esse cara [Putin], não podemos deixá-lo vencer. Estamos em 1939, tudo acontecendo de novo.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasRod Stewart é vaiado ao saudar presidente da Ucrânia em show na...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades