Antes cancelado, festival da Kiss FM com Ultraje a Rigor é retomado

Evento que celebra o Dia Mundial do Rock e 23º aniversário da estação de rádio acontecerá dia 13 de julho, no Tokio Marine Hall, em São Paulo

No fim das contas, o festival da Kiss FM que celebraria o Dia Mundial do Rock — que só é celebrado no Brasil — e o 23º aniversário da emissora será retomado. A informação foi confirmada pela reportagem do site IgorMiranda.com.br.

­

- Advertisement -

O evento em São Paulo havia sido cancelado dias atrás, em meio a uma polêmica envolvendo a atração principal, Ultraje a Rigor, e um dos funcionários da estação, o locutor “Titio” Marco Antonio Abreu, que chamou a banda de “fascista”, retratando-se posteriormente. Agora, porém, voltará a acontecer, mantendo data e local originais: 13 de julho, no Tokio Marine Hall, casa localizada na zona sul da capital paulista.

A programação segue com Ultraje a Rigor e Banda 365. A organização negocia com outra banda de repercussão nacional para compor o lineup.

Ingressos estarão à venda, a partir desta sexta-feira (14), por meio do site oficial do Tokio Marine Hall. A principal diferença no formato é que o setor pista, agora, terá mesas. Os valores são:

  • Camarote: R$ 240 (R$ 120 meia)
  • Frisa: R$ 220 (R$ 110 meia)
  • Cadeira alta: R$ 150 (R$ 75 meia)
  • Setor Vip: R$ 240 (R$ 120 meia)
  • Setor 01: R$ 200 (R$ 100 meia)
  • Setor 02: R$ 160 (R$ 80 meia)
  • Setor 03: R$ 120 (R$ 60 meia)

Ultraje a Rigor e Kiss FM

Nos últimos dias, o Ultraje a Rigor e a rádio Kiss FM se envolveram em uma polêmica que ganhou repercussão nas redes sociais. Como mencionado, tudo começou quando a emissora cancelou a participação da banda em um show que comemoraria seu aniversário e o Dia Mundial do Rock, data celebrada somente no Brasil.

O locutor Marco Antonio Abreu, que apresenta de segunda a sexta-feira na estação o programa Alternativa, celebrou a decisão. Em determinado momento do post, o radialista chamado de “Titio” se referiu ao grupo de Roger Moreira como “fascista”.

Ele escreveu:

“Graças a Deus a Kiss repensou e decidiu cancelar o show de aniversário da rádio com a m*rda ultrajante do Ultraje a Rigor. Uma rádio tão importante como a nossa, merece uma festa de respeito e não um grupo de fascistas falidos.”

Leia também:  Após 34 anos, Bikini Kill faz sua primeira apresentação na TV

Os fãs da banda reagiram à publicação e a própria emissora usou suas redes para emitir um posicionamento oficial. Nele, deixaram claro que as opiniões de seus colaboradores não refletem a da empresa.

“Tratamos qualquer problema que possa acontecer em função de mensagens isoladas com muita seriedade e, por isso, reiteramos aos ouvintes e parceiros que as informações validadas pela Kiss FM estão nos canais oficiais da emissora.”

Os próprios músicos publicaram um manifesto. Eles disseram:

“Somos atacados por Marco Antonio, cancelam o show que seria feito no Dia Mundial do Rock (data importantíssima) faltando 36 dias para o evento e é isso que temos como resposta?”

A seguir, foi a vez de o próprio Marco Antonio se manifestar novamente, com um pedido de desculpas dividido em duas postagens.

“Comunicado: Amigos, gostaria de esclarecer que, num momento de empolgação pessoal, cometi um erro ao fazer uma crítica à uma determinada banda e senti que, sem a menor intenção, prejudiquei a emissora que trabalho.

A Kiss FM é um veículo imparcial, que respeita o público e oferece conteúdo de qualidade. Peço desculpas à emissora, a meus diretores e ao público. A crítica que fiz (minha opinião não mudou) é estritamente pessoal e não reflete nenhum dos veículos que trabalho.”

Ainda assim, o guitarrista do Ultraje, Marcos Kleine, prometeu que Marco será processado.

“O bund* mole do @marcokissfm não consegue nem falar o nome da banda. Enfia a sua notinha no c* e espera o processo. Verme.”

De acordo com o portal Jusbrasil, chamar alguém de fascista pode ser considerado crime de injúria ou difamação, dependendo do contexto. A ofensa pode render de três meses a um ano de detenção ou multa, dependendo da interpretação da Justiça.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasAntes cancelado, festival da Kiss FM com Ultraje a Rigor é retomado
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

4 COMENTÁRIOS

  1. É de se lastimar que um profissional das comunicações faça comentários ofensivos à banda! Perde ele na sua credibilidade e perde a emissora. Não interessa o time que torça, importante é que o profissional da rádio nunca ofenda um ou outro time, nem mesmo o time adversário do meu! Foi mal heim titio!

  2. Igor! Pelo jeito a Kiss não teve como cancelar o show que com certeza estava com baixa procura ! Titio Marco pegou pesado ,porém com a quantidade de B* que o ultraje e principalmente seu líder Roger ,fala e inclusive já recebeu processos por isso,seria justo ,porém a rádio é ouvida por todos os modos políticos e inclusive fascistas
    Abraço!! Excelente seu trabalho!

  3. Chamar fascista de fascista é crime. A ofensa pode render de três meses a um ano de detenção ou multa. Aí o fascista vai e fala “O bund@ mole do @marcokissfm não consegue nem falar o nome da banda. Enfia a sua notinha no cul e espera o processo. Verme.” E isso tá tudo certo, isso é muito legal e respeitoso, e claro que não é crime e não rende processo, não é nada comparado a chamar um fascista de fascista.

  4. Podiam colocar bandas falidas dos dois lados do espectro político. Ultraje e Detonautas. O bom é que sairia porrada na plateia, como nos clássicos de futebol, e a data tupiniquim ganharia um fato histórico para chamar de seu.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades