Por que Duff McKagan sentia-se culpado por “Sweet Child O’ Mine”, do Guns N’ Roses

Baixista ficou impressionado com a fama advinda do hit e levou muitos anos para aprender a lidar com a situação

“Sweet Child O’ Mine” permanece como uma das músicas mais famosas do Guns N’ Roses. Presente no álbum de estreia, “Appetite for Destruction” (1987), a faixa saiu como terceiro single do disco em junho de 1988 e fez com que a banda estourasse de vez.  

Diante do sucesso, os músicos precisaram lidar com situações relacionadas à fama que não estavam acostumados. Conversando recentemente com o site Stereogum, o baixista Duff McKagan explicou que ficou chocado ao perceber que, de repente, as pessoas passaram a reconhecê-lo nos lugares. 

- Advertisement -

Ele relembrou:

“Foi meio que impressionante [a repercussão]. Você vive sua vida, ninguém te reconhece no mercado. E então, de repente, as pessoas estão olhando para você no supermercado, porque você está na capa da Rolling Stone e as revistas ficam bem perto dos caixas. E você parece engessado. O seu vídeo passa [na MTV] a cada 20 minutos. Ser reconhecido dessa maneira foi impressionante.”

O integrante não tinha necessariamente um sentimento bom a respeito. Na verdade, sentia culpa diante da própria popularidade.

Isso porque, em sua cabeça, havia outros vários artistas incríveis na cena que não recebiam o devido reconhecimento, como declarou: 

“Eu senti culpa por ficar popular demais, foi real. Mas então percebi que ninguém me deu nada. Eu trabalhei pra caramba por isso. Levei muitos anos para aprender como ‘lidar com a situação’. Havia muitos músicos bons também. É quase como se eu pensasse: ‘por que aconteceu justamente comigo?’.”

Leia também:  Deep Purple confirma show em São Paulo para setembro

McKagan apenas conseguiu conviver melhor com a questão quando bandas como Alice in Chains, Pearl Jam e Soundgarden, formadas por amigos de sua cidade natal, Seattle, também conquistaram seus espaços na indústria. Ele disse:

“Esse sentimento deu uma aliviada quando as bandas de vários amigos meus de Seattle começaram a crescer, cerca de dois anos depois. Pensava: ‘Ok, Soundgarden, com Kim [Thayil] e Chris [Cornell] está despontando. Agora me sinto bem. Agora as coisas estão ficando equilibradas. Alice in Chains, Pearl Jam…. finalmente deu certo para Mike McCready’. Ele era um dos caras. Eu me sentia culpado, pensando: ‘como o sucesso não chegou para ele’, sabe?”

Guns N’ Roses e “Sweet Child O’ Mine”

Terceiro single lançado para divulgar o álbum “Appetite for Destruction”, “Sweet Child O’ Mine” é a única música da carreira do Guns N’ Roses a atingir o número 1 na parada americana. Também chegou ao sexto lugar no chart britânico.

No Brasil, fez parte da trilha da novela “O Sexo dos Anjos”, exibida pela Rede Globo no horário de seis da tarde entre setembro de 1989 e março de 1990.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que Duff McKagan sentia-se culpado por “Sweet Child O’ Mine”, do...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades