Terry Slesser, o vocalista que fez testes para AC/DC e Iron Maiden

Cantor participou de audições para substituir Bon Scott em 1980 e Paul Di'Anno em 1981, sem sucesso nas tentativas

Duas das maiores bandas da história passaram por mudanças marcantes de vocalista no mesmo período. O AC/DC lidou com a difícil missão de substituir o saudoso Bon Scott em 1980, após sua morte, enquanto o Iron Maiden, no ano seguinte, precisou encontrar um cantor que conseguisse aguentar o tranco no lugar de Paul Di’Anno.

Fato é que, respectivamente, Brian Johnson e Bruce Dickinson ocuparam as posições e conseguiram sucesso – permanecendo no posto até hoje. Coincidentemente, uma outra pessoa chegou a fazer testes para os dois grupos: Terry Slesser

- Advertisement -

No caso do AC/DC, tudo começou quando os australianos abriram para o Back Street Crawler em 1976. À época, Slesser comandava os vocais da banda, formada pelo guitarrista Paul Kossoff (ex-Free), e virou amigo dos colegas de profissão.

Depois do falecimento de Bon — quatro anos após Kossoff, diga-se —, a amizade ganhou um rumo profissional quando recebeu o convite para ensaiar junto aos músicos. Para a Classic Rock em 2009, Terry relembrou: 

“Fui convidado para cantar com o AC/DC no estúdio em Pimlico [Londres, Inglaterra]. Eles tinham acabado de voltar da Austrália e do funeral de Bon. Era um cenário muito sombrio. Eu quebrei o gelo quando sugeri que tocássemos ‘Rocky Mountain Way’ [de Joe Walsh] em vez de uma música com Bon para que as coisas funcionassem. Todos nós relaxamos um pouco depois disso. Tomei uns copos do vinho Mateus e o Angus tomou uma xícara de chá.”

Segundo o relato, a dinâmica correu bem ao longo do set, exceto pelo final. Por um erro do guitarrista Malcolm Young, precisaram repetir as faixas executadas desde o começo, como destacou: 

Leia também:  Por que o Black Sabbath mudou em “Tyr”, segundo Tony Martin

“Tocamos as músicas ‘Whole Lotta Rosie’, ‘Highway To Hell’ e ‘The Jack’. Foi tudo muito agradável. Malcolm [Young] pensou que estava gravando o ensaio em um Revox [gravador de rolo], mas descobriu que não tinha gravado. Não gostei de fazer tudo de novo. Foi meio exaustivo e emocionalmente desgastante.”

Apesar do bom momento, no fim das contas, Brian Johnson acabou se sobressaindo posteriormente:

“No final, acredito que eles ficaram entre dois vocalistas. Meu companheiro Brian [Johnson] veio para o teste de Newcastle. Eu também sou do Newcastle. Suponho que o AC/DC estava destinado a ter um cantor do nordeste da Inglaterra depois de Bon.”

Iron Maiden

Já em relação à Donzela de Ferro, o processo foi diferente. Isso porque as conversas com Slesser começaram enquanto Paul Di’Anno ainda integrava a banda, já que a postura do então membro incomodava os colegas.

Leia também:  O álbum do Mercyful Fate do qual Hank Shermann menos gosta

Contudo, sua voz mais áspera não encaixava à abordagem melódica que o grupo queria. Assim, ele não passou na audição.

De qualquer forma, em 2018, Terry moveu uma ação contra o Maiden. Ele acusou o baixista Steve Harris e o guitarrista Dave Murray de aproveitarem trechos de “Rainbow’s Gold”, uma composição sua no Beckett, no clássico “Hallowed Be Thy Name”.

À época, o grupo havia sido acionado pelo empresário Barry McKay por cópia de outra canção do Beckett: “Life’s Shadow”. Neste caso, o Maiden admitiu a cópia e o caso foi solucionado fora dos tribunais. Já na ação movida por Slesser, não há outras informações.

Sobre Terry Slesser 

Além do Back Street Crawler, Terry Slesser fez parte do Beckett, conhecido apenas pelo seu único disco homônimo de 1974. Ainda, o cantor contribuiu como backing vocal do Michael Schenker Group e liderou os vocais por determinado período no Charlie – participando da música “It’s Inevitable”.

Atualmente, integra a Kossoff…The Band Plays On, banda tributo ao guitarrista Paul Kossoff, que, como já citado, faleceu em 1976.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesTerry Slesser, o vocalista que fez testes para AC/DC e Iron Maiden
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades