Sepultura anuncia 2ª fase da turnê de despedida, com shows até setembro

Banda irá se apresentar em outras sete cidades brasileiras entre julho e agosto, antes de três datas seguidas em São Paulo, no mês seguinte

O Sepultura confirmou detalhes da segunda etapa nacional de sua turnê de despedida, “Celebrating Life Through Death”. O giro contou com datas iniciais pelo Brasil em março, antes de seguir para outros países da América do Sul em abril.

Agora, a banda anunciou mais sete apresentações, em capitais como Fortaleza, Belém, Brasília, João Pessoa e Campo Grande, além de Santo André e Santa Bárbara D’Oeste, ambas no estado de São Paulo. As performances acontecem entre julho e agosto.

- Advertisement -

Em São Paulo, capital, haverá os já anunciados três shows finais desta etapa, no Espaço Unimed, dias 6, 7 e 8 de setembro. Duas dessas apresentações estão com ingressos esgotados.

Ingressos para todos os shows já anunciados podem ser adquiridos no site oficial do Sepultura. Mais datas serão confirmadas em breve. Veja o itinerário completo a seguir.

  • 06 de julho – Fortaleza – Praça Verde do Dragão do Mar
  • 13 de julho – Belém – Espaço Náutico Marine Club
  • 21 de julho – Brasília – Festival Capital Moto Week
  • 27 de julho – João Pessoa – Imagineland
  • 09 de agosto – Santo André – Clube Atlético Aramaçan
  • 17 de agosto – Campo Grande – Ginásio Guanandizão
  • 23 de agosto – Santa Bárbara D’Oeste – Usina Santa Bárbara
  • 06 de setembro – São Paulo – Espaço Unimed
  • 07 de setembro – São Paulo – Espaço Unimed
  • 08 de setembro – São Paulo – Espaço Unimed

Em nota conjunta, a banda comenta:

“Estamos felizes e muito agradecidos com tudo que aconteceu na nossa história, fizemos grandes álbuns e shows, cultivamos amizades, conhecemos nossos ídolos, ajudamos a colocar o metal brasileiro no mapa mundial e, agora, deixamos a cena com o sentimento de dever cumprido.”

A turnê de despedida do Sepultura

Após os compromissos em território nacional, a turnê “Celebrating Life Through Death” seguirá para a Europa, onde fica entre outubro e novembro. A ideia é que o giro dure um ano e meio, com mais datas a serem anunciadas até 2025.

Leia também:  “Nunca fiz parte do Sepultura, sempre fui autônomo”, diz Eloy Casagrande

Às vésperas do início da série de shows, a banda anunciou a saída de Eloy Casagrande. O baterista, que acabou se juntando ao Slipknot, fazia parte da banda desde o fim de 2011, tendo gravado três álbuns de estúdio com o grupo. Em seu lugar, entrou Greyson Nekrutman, conhecido por trabalhos com Suicidal Tendencies, Brand X, entre outros. Derrick Green (voz), Andreas Kisser (guitarra) e Paulo Xisto (baixo) completam a formação.

Em nota, os músicos afirmaram que Casagrande comunicou sua saída “de surpresa” e “sem aviso prévio” no dia 6 de fevereiro, menos de um mês antes da turnê começar. Toda a estrutura relacionada à excursão já estava “pronta”, nas palavras da própria banda.

Planos pós-turnê

O Sepultura ainda tem outros planos envolvendo a banda após o encerramento da turnê de despedida – previsto para setembro do ano que vem, em São Paulo. Segundo Andreas Kisser, os músicos planejam criar uma exposição com itens que marcaram a carreira do grupo.

Em entrevista a Thuanny Judes para a revista Noize, o guitarrista explicou que, independentemente do fim, o Sepultura continuará vivo através do legado deixado ao mundo. Ainda assim, para celebrar os 40 anos de estrada, decidiram idealizar uma mostra, englobando objetos desde peças de merchandise a instrumentos. 

Leia também:  Ozzy Osbourne quer fazer show final do Black Sabbath com Bill Ward

Ele declarou:

“O Sepultura não vai acabar nunca! O Led Zeppelin acabou em 1980 e ainda é a banda que mais vende discos até hoje. Eu acho que a turnê e discos novos é uma parte do que é uma banda. O Sepultura tem vários produtos, tem documentário, tem várias coisas que vão ficar. A gente vai fazer uma exposição com tudo que a gente tem da nossa história. Nós temos um arquivo fantástico de tudo que saiu na imprensa, posters de turnês, camisetas de merchandise, instrumentos.”

A ideia é que a exposição aconteça logo ao término da série de shows e que seja itinerante, como afirmou o músico:

“A nossa vontade é organizar isso ao término da tour, fazer essa exposição que possa viajar o mundo. O futuro vem de acordo com o que a gente faz com o presente, é a consequência do hoje. Então, a gente tá vivendo muito o hoje, celebrando o hoje. E o que vier a acontecer, vamos lidar na hora que tiver que lidar.”

Vale destacar que, em menor escala, os fãs que compraram o pacote VIP da excursão “Celebrating Life Through Death” têm acesso a uma experiência parecida. No site da Eventim, a descrição da modalidade de meet & greet — cujo valor da entrada inteira sem taxas é de R$ 1.250 — afirma que o acesso a uma “miniexposição com alguns itens da história da banda” está presente no serviço.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasSepultura anuncia 2ª fase da turnê de despedida, com shows até setembro
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades