Por que Rick Rubin recusou produzir o Red Hot Chili Peppers de início

Parceria entre a banda e o profissional do som os colocou no patamar das lendas do rock

A parceria entre o produtor Rick Rubin e o Red Hot Chili Peppers catapultou a banda ao sucesso mundial. A colaboração começou em “Blood Sugar Sex Magik” (1991), disco que é basicamente uma coletânea de sucessos por si só. Porém, tudo poderia ter iniciado ainda antes.

A ideia era chamar o mago do som em “The Uplift Mofo Party Plan” (1987), disco no qual os músicos já enxergavam potencial para o salto definitivo. Porém, não houve um entendimento, especialmente por conta dos hábitos nada saudáveis do quarteto.

- Advertisement -

Em entrevista à revista Another, resgatada pelo Far Out Magazine, Rubin confessou não ter sentido firmeza no ambiente, especialmente por conta do vocalista Anthony Kiedis e o guitarrista Hillel Slovak.

“Simplesmente senti que algo estava realmente errado e não trabalhei com eles naquele momento. Eu senti que alguém poderia… Havia uma energia escura e pesada que não entendia, além de uma verdadeira falta de conexão entre as pessoas porque elas não estavam presentes em si mesmas, então não podiam estar presentes umas para as outras. Parecia uma cena desconectada. Mal podia esperar para sair de lá.”

Infelizmente, o instinto de Rick não falhou. Hilel Slovak morreu em 1988, aos 26 anos, em decorrência de uma overdose de heroína.

Leia também:  Ozzy Osbourne quer fazer show final do Black Sabbath com Bill Ward

Rick Rubin e “Under the Bridge”

A participação de Rick Rubin no sucesso do Red Hot Chili Peppers pode ser exemplificada no single de maior sucesso da banda. A balada “Under the Bridge” chegou ao 2º lugar no Billboard Hot 100, principal parada de músicas avulsas dos Estados Unidos.

Inicialmente, ela era apenas um poema de Anthony Kiedis. Porém, o produtor viu potencial, como o cantor revelou ao The Joe Rogan Experience, também em transcrição do Far Out Magazine.

“Estávamos escrevendo o disco e passávamos nossos dias juntos. Ele estava muito menos ocupado, não era pai e convivíamos o tempo todo. Mostrei a ele músicas sensuais, músicas pesadas, funky, e ele disse: ‘Isso é bom; podemos trabalhar nisso. Mais alguma coisa?’ Então ele viu um poema que não era bem uma música. Tinha melodia, mas não acho que fosse para nós.”

Kiedis confessa que se sentia um pouco constrangido com o poema, pois era um tanto quanto sentimental para os padrões da banda. Além disso, tratava de sua luta contra o vício. Mesmo assim, acabou sendo persuadido a cantá-la para Rubin.

Leia também:  David Lee Roth ajudou a compor o álbum “5150”, do Van Halen?

“Então eu cantei ‘Under the Bridge’ e ele disse, ‘Essa é a sua melhor música’. Respondi, ‘É apenas um poema’. Mas ele insistiu: ‘Traga para os meninos, mostre a música para eles’. Sem o esforço de Rick por uma música contraintuitiva e sensível, talvez nunca tivéssemos tido a chance.”

Com o estouro da canção, “Blood Sugar Sex Magik” vendeu mais de 13 milhões de cópias em todo o planeta.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que Rick Rubin recusou produzir o Red Hot Chili Peppers de...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades