Os 100 melhores álbuns da história, segundo a Apple Music

Plataforma elaborou levantamento com apoio de músicos e outros profissionais da indústria, como Mark Hoppus (Blink-182, Pharrell Williams e J Balvin

A Apple Music divulgou uma lista de 100 melhores álbuns de todos os tempos. De acordo com a plataforma de streaming, o levantamento foi elaborado por “um time de experts junto de um grupo seleto de artistas, compositores, produtores e profissionais da indústria”.

Nomes como Maren Morris, Pharrell Williams, J Balvin, Charli XCX, Mark Hoppus (Blink-182), Honey Dijon e Nia Archives estiveram envolvidos com a seleção. A empresa também garante que as opções são “editorialmente independentes” e não foram tomadas considerando números de reproduções em sua plataforma.

- Advertisement -

O ranking vinha sendo divulgado no formato de pílulas, de 10 a 10 álbuns, nas últimas semanas. E, como era de se esperar, algumas escolhas geraram controvérsia.

O maior debate tem relação com a presença de dois álbuns mais atuais — ainda que recordistas de vendas — à frente de clássicos incontestáveis. “21”, de Adele, ficou na 15ª posição, enquanto “1989”, de Taylor Swift, obteve a colocação de número 18. Ambos os discos superaram trabalhos como “Pet Sounds” (Beach Boys), “Revolver” (Beatles) e “Some Kind of Blue” (Miles Davis), entre outros.

O álbum mais “jovem”, ainda que na parte inferior da lista, também rendeu comentários. “SOS”, lançado por SZA em 2022, está acima de discos como “Like a Prayer” (Madonna), “Horses” (Patti Smith), “Back in Black” (AC/DC) e “Rage Against the Machine” (Rage Against the Machine).

Confira abaixo a lista.

Os 100 melhores álbuns da história, segundo a Apple Music

  1. “Body Talk” – Robyn
  2. “Hotel California” – The Eagles
  3. “ASTROWORLD” – Travis Scott
  4. “Rage Against The Machine” – Rage Against The Machine
  5. “Pure Heroine” – Lorde
  6. “Confessions” – USHER
  7. “Untrue” – Burial
  8. “A Seat at the Table” – Solange
  9. “Flower Boy” – Tyler, The Creator
  10. “Listen Without Prejudice Vol. 1” – George Michael
  11. “Back in Black” – AC/DC
  12. “The Fame Monster (Deluxe Edition)” – Lady Gaga
  13. “I Put a Spell on You” – Nina Simone
  14. “Blue Lines” – Massive Attack
  15. “My Life” – Mary J Blige
  16. “Golden Hour” – Kacey Musgraves
  17. “Doggystyle” – Snoop Dogg
  18. “Horses” – Patti Smith
  19. “Get Rich or Die Tryin’” – 50 Cent
  20. “After the Gold Rush” – Neil Young
  21. “The Marshall Mathers LP” – Eminem
  22. “Norman F Rockwell!” – Lana Del Rey
  23. “Goodbye Yellow Brick Road” – Elton John
  24. “Like A Prayer” – Madonna
  25. “Un Verano Sin Ti” – Bad Bunny
  26. “Supa Dupa Fly” – Missy Eliott
  27. “Downward Spiral” – Nine Inch Nails
  28. “Aja” – Steely Dan
  29. “SOS” – SZA
  30. “Trans-Europe Express” – Kraftwerk
  31. “Straight Outta Compton” – N.W.A
  32. “Master of Puppets (Remastered)” – Metallica
  33. “Is this It” – The Strokes
  34. “Dummy” – Portishead
  35. “The Queen Is Dead” – The Smiths
  36. “3 Feet High and Rising” – De La Soul
  37. “Baduizm” – Erykah Badu
  38. “Are You Experienced?” – The Jimi Hendrix Experience
  39. “All Eyez on Me” – 2Pac
  40. “Love Deluxe” – Sade
  41. “The Velvet Underground and Nico (45th Anniversary Edition)” – Velvet Underground & Nico
  42. “AM” – Arctic Monkeys
  43. “(What’s The Story) Morning Glory” – Oasis
  44. “Voodoo” – D’Angelo
  45. “Disintegration (Remastered)” – The Cure
  46. “ANTI” – Rihanna
  47. “A Love Supreme” – John Coltrane
  48. “Exile on Main Street (2010 Remaster)” – The Rolling Stones
  49. “Appetite for Destruction” – Guns ‘N Roses
  50. “Sign O’The Times” – Prince
  51. “Hounds of Love (2018 Remaster)” – Kate Bush
  52. “The Joshua Tree” – U2
  53. “Paul’s Boutique” – Beastie Boys
  54. “Take Care (Deluxe Version)” – Drake
  55. “Exodus ((2013 Remaster)” – Bob Marley & The Wailers
  56. “Homogenic” – Björk
  57. “Innervisions” – Stevie Wonder
  58. “Remain in Light” – Talking Heads
  59. “Control” – Janet Jackson
  60. “Aquemini” – OutKast
  61. “I Never Loved a Man the Way I Love You” – Aretha Franklin
  62. “Illmatic” – Nas
  63. “Tapestry” – Carole King
  64. “Enter the Wu-Tang (36 Chambers) [Expanded Edition]” – Wu-Tang Clan
  65. “BEYONCÉ” – Beyoncé
  66. “London Calling” – The Clash
  67. “It Takes a Nation of Millions to Hold Us Back” – Public Enemy
  68. “Kid A” – Radiohead
  69. “Ready to Die (The Remaster)” – Notorious B.I.G.
  70. “Jagged Little Pill (Remastered)” – Alanis Morissette
  71. “WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?” – Billie Eilish
  72. “The Low End Theory” – A Tribe Called Quest
  73. “The Dark Side of the Moon” – Pink Floyd
  74. “Led Zeppelin II” – Led Zeppelin
  75. “My Beautiful Dark Twisted Fantasy” – Kanye West
  76. “Kind of Blue” – Miles Davis
  77. “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars (2012 Remaster)” – David Bowie
  78. “Discovery” – Daft Punk
  79. “Born to Run” – Bruce Springsteen
  80. “Revolver” – The Beatles
  81. “Pet Sounds” – The Beach Boys
  82. “The Chronic” – Dr. Dre
  83. “1989 (Taylor’s Version)” – Taylor Swift
  84. “What’s Going On” – Marvin Gaye
  85. “Blue” – Joni Mitchell
  86. “21” – Adele
  87. “Highway 61 Revisited” – Bob Dylan
  88. “The Blueprint” – Jay-Z
  89. “OK Computer” – Radiohead
  90. “Rumours” – Fleetwood Mac
  91. “Lemonade” – Beyoncé
  92. “Nevermind” – Nirvana
  93. “Back to Black” – Amy Winehouse
  94. “good kid, m.A.A.d city (Deluxe Version)” – Kendrick Lamar
  95. “Songs in the Key of Life” – Stevie Wonder
  96. “Blonde” – Frank Ocean
  97. “Purple Rain” – Prince & The Revolution
  98. “Abbey Road” – The Beatles
  99. “Thriller” – Michael Jackson
  100. “The Miseducation of Lauryn Hill” – Lauryn Hill
Leia também:  A nova banda que deixou James Hetfield surpreso e feliz

Sobre o vencedor, um texto compartilhado pela Apple Music destaca:

“O primeiro – e único – álbum solo de estúdio de Lauryn Hill foi um evento sísmico em 1998: um olhar incrivelmente cru e profundo sobre a paisagem espiritual não apenas de uma das maiores estrelas da época, mas da própria época. Ela foi, e continua sendo, um talento único em uma geração, cuja inspiração e inovação podem ser ouvidas ao longo das décadas. Os artistas esgotam longas discografias na esperança de uma obra coesa e ressonante o suficiente para remodelar a cultura e inscrever o seu criador no panteão; Lauryn Hill fez isso em um.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioListasOs 100 melhores álbuns da história, segundo a Apple Music
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades