Rickey Medlocke quase esteve em fatídico voo do Lynyrd Skynyrd

Queda de avião matou Ronnie Van Zant (voz), Steve Gaines (guitarra) e sua irmã Cassie Gaines (backing vocal), além do assistente de turnês, piloto e copiloto

Em 20 de outubro de 1977, três dias após o lançamento do álbum “Street Survivors”, o Lynyrd Skynyrd embarcou em um bimotor indo da Carolina do Sul até a Louisiana, nos Estados Unidos. Aquele era para ser o último voo com o avião – que havia sido recusado pela equipe do Aerosmith dias antes, alegando “falta de condições estruturais” na aeronave.

O modelo Convair CV-240 ficou sem combustível e caiu em Gillsburg, Mississippi, matando o vocalista Ronnie Van Zant, o guitarrista Steve Gaines e a backing vocal Cassie Gaines, além do road manager Dean Kilpatrick, o piloto Walter McCreary e o copiloto William Gray.

- Advertisement -

Rickey Medlocke havia sido baterista da banda alguns anos antes. À época, comandava o Blackfoot. Porém, quase embarcou em uma viagem com os amigos naquele período.

Disse o atual guitarrista do grupo ao “The Monthly Social”, conforme transcrição do Ultimate Guitar:

“Estava em casa, em Jacksonville. Fui para a casa dos meus pais. Ronnie e os rapazes estavam na cidade e construíram um estúdio em Riverside. Fui encontrá-los com meu pai. Eles tinham acabado de gravar o disco ‘Street Survivors’ e estavam se preparando para pegar a estrada.

Logo após chegarmos, Ronnie chegou em sua pequena Mercedes. Ele saiu do carro, abraçou meu pai e a mim. Convidou-nos a entrar e pediu ao cara que dirigia o estúdio para colocar o álbum para tocar. Mostrou uma música, ‘That Smell’. Nós ouvimos e meu pai tinha uma expressão muito interessante no rosto.”

Convite do Lynyrd Skynyrd e compromissos do Blackfoot

Como lembra Medlocke, foi então que Ronnie Van Zant o convidou para viajar com a banda no avião. Mas ele acabou recusando.

Leia também:  Edu Falaschi adia shows em Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis

“Quando estávamos saindo, Ronnie disse: ‘Rickey, temos nosso próprio avião. Você quer viajar conosco por uma semana? Quem sabe tocar com a gente?’ Respondi: ‘Oh cara, eu adoraria’, mas meu pai não gostou muito disso. Ele tinha uma vibe sobre algo estranho, sabe?”

No fim das contas, o que salvou a vida do artista foi seu grupo do momento.

“Alguns dias antes da viagem, o Blackfoot recebeu uma ligação do nosso agente e ele havia marcado shows para as duas semanas seguintes. Então, eu não poderia ir. Quase nos cruzamos no último show deles, que foi na Carolina do Sul, onde chegamos no dia seguinte.”

Foi justamente durante a apresentação que a notícia veio à tona. Ele relembrou:

“Um cara veio correndo pela lateral do palco e disse: ‘Ei, você não tocou no Lynynrd Skynyrd?’. Respondi que sim e ele falou: ‘Bem, seus amigos acabaram de sofrer um acidente de avião’. Apenas reagi falando: ‘Alguém tire esse cara daqui!’ Então, quando terminamos o show, meu técnico de guitarra contou: ‘Rickey, é verdade’. Corri de volta para o hotel… Liguei para minha mãe e meu pai – o telefone nem tocou uma vez, meu pai atendeu e eu disse: ‘Pai, me diga que não é verdade’. e ele respondeu: ‘É verdade. Eles acabaram de anunciar na TV que Ronnie é uma das pessoas que morreram’.”

“Não era para eu estar lá, é para estar aqui agora”

Refletindo sobre o ocorrido, Medlocke cita uma conversa que teve com o guitarrista Gary Rossington, último da formação do acidente a partir deste mundo.

Leia também:  As diferenças criativas do System of a Down, explicadas por Serj Tankian

“Estávamos em um ônibus na Inglaterra. Gary perguntou onde eu estava no momento do acidente. Contei que muito próximo e disse que gostaria de poder ter feito algo se estivesse junto. Ele respondeu que não haveria nada que pudesse mudar os fatos. Falou: ‘Para ser honesto com você, Rickey, não era para você estar lá naquele dia — é para você estar aqui agora’.”

Rickey é o membro mais antigo do Lynyrd Skynyrd atual. O vocalista Johnny Van Zant, irmão mais novo de Ronnie, é o mais longevo de forma ininterrupta. A dupla comanda o lineup atual, que conta com os também guitarristas Damon Johnson e Mark Matejka, o baixista Keith Christopher, o tecladista Peter Keys e o baterista Michael Cartellone. O grupo também é acompanhado pelas backing vocals Dale Krantz-Rossington (viúva de Gary Rossington) e Carol Chase.

Recentemente, Rickey Medlocke disponibilizou um single solo. “Never Run Out Of Road” foi lançada exclusivamente nas plataformas de streaming. A renda da canção será revertida ao National Indigenous Women’s Resource Center, que combate o tráfico e assassinato de mulheres indígenas nos Estados Unidos.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesRickey Medlocke quase esteve em fatídico voo do Lynyrd Skynyrd
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades